Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788 5932

terça-feira, 24 de janeiro de 2017

Cariri registra maiores chuvas do dia no Ceará; Juazeiro do Norte tem 95 mm

A Região do Cariri concentrou as maiores chuvas registradas no Ceará nas últimas 24 horas, de 7h de segunda-feira (23) até 7h desta terça-feira (24). O balanço da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) aponta que, em todo o estado, pelo menos 65 cidades tiveram precipitações no período. A maior chuva foi em Juazeiro do Norte, com 95 milímetros.

No período, Barbalha (70 mm) e Missão Velha (61,4 mm) também entraram na relação das maiores chuvas, seguidos de Aurora (61 mm), Altaneira (59 mm), Missão Velha (57 mm), Milagres (55,5 mm), Nova Olinda (55 mm), Assaré (53,2 mm) e Porteiras (53 mm). Os números estão sendo atualizados ao longo desta manhã.

Previsão do tempo

Para esta terça-feira, a Funceme prevê chuva em todas as regiões do Ceará no decorrer do dia.

Para a quarta-feira (25), há possibilidade de chuvas isoladas durante a madrugada e manhã na faixa litorânea e centro-sul do estado.

A previsão para a quinta-feira (26) é de nebulosidade variável com possibilidade de chuva em todas as regiões cearenses no decorrer do dia.

 

Fonte G1 Ceará

ROUBO A BANCO: DUPLA USANDO METRALHADORA E COLETE À PROVA DE BALAS TROCA TIROS COM A PM E UM MORRE



    URGENTE: BANDIDO USANDO METRALHADORA E COLETE À PROVA DE BALAS TROCA TIROS COM A PM E ACABA MORTO
    O caso foi registrado na madrugada desta terça-feira (24), por volta das 4h, onde dois indivíduos fortemente armados com uma metralhadora e utilizando coletes à prova de balas trocaram tiros com a Polícia Militar durante intensa fuga, que teve início na Avenida Pinheiro Machado com Brasília, Bairro São Cristóvão, região central de Porto Velho. O acompanhamento teve fim com um dos criminosos baleado e morto, já no final da Avenida Rio Madeira, nas imediações da Toca dos Cobras. O comparsa dele fugiu. A polícia acredita que os meliantes pretendiam roubar o banco Bradesco, localizado na esquina referida.

    Conforme as informações colhidas pela nossa equipe de reportagem, uma guarnição da Polícia Militar realizava patrulhamento pela região central da capital, quando avistou os dois indivíduos tentando se esconder atrás de um poste, os policiais logo notaram que um dos suspeitos portava uma arma de grosso calibre e o outro uma pistola. Ao perceber que a viatura fazia o retorno, imediatamente a dupla subiu numa motocicleta XT de cor preta e saiu em fuga, atirando na direção dos militares. Os criminosos transitavam em alta velocidade por várias ruas da cidade. A guarnição de pronto pediu apoio via rede rádio e o cerco policial foi montado com o apoio de outras viaturas do 1° e 5° BPM.

    Durante a fuga, o indivíduo que estava na garupa, portando uma metralhadora, continuou efetuando inúmeros disparos contra os policiais, que revidaram a injusta agressão. O acompanhamento terminou com um dos meliantes alvejado na cabeça,
    no final da Avenida Rio Madeira. Ele ainda foi socorrido por uma guarnição até o Hospital João Paulo II, porém, foi a óbito logo depois. O outro criminoso embrenhou-se na mata e conseguiu escapar. Felizmente nenhum policial saiu ferido.

    O bandido morto utilizava um colete à prova de balas com o emblema da Polícia Militar, touca balaclava, sendo que com ele foi apreendida uma metralhadora. A placa da motocicleta em que a dupla transitava estava com a placa e a carenagem cobertas com fita durex. Em buscas pelo trajeto em que foi realizado o acompanhamento, os militares ainda encontraram um carregador de pistola calibre 380. Os policiais acreditam que a dupla pretendia roubar o banco Bradesco, localizado na esquina onde ambos foram visualizados e teve início toda a situação. O criminoso morto foi identificado como Mario Luiz Teixeira da Silva, de 36 anos, vulgo "Lú". O indivíduo era muito conhecido no meio policial como sendo autor de vários roubos a bancos e carros-fortes.


    Por Richard Nunes
    DRT - 1613/RO