Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788 5932

sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

PEC reduz número de deputados federais para 405


Resultado de imagem para PEC reduz número de deputados federais para 405

Está em análise no Senado, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 38/2016 que reduz o número de deputados federais para 405. Pelo projeto, o número mínimo de deputados federais passará de 8 para 4, nos estados com menor população, e o número máximo de 70 para 50, nos estados mais populosos.

O projeto estabelece que o limite mínimo de quatro deputados nos estados menos populosos será atingido de forma escalonada, no quarto pleito após a promulgação da Emenda Constitucional. A mesma regra valerá para as unidades da Federação com número de deputados superior ao mínimo proposto.

Para o autor da proposta, senador Álvaro Dias (PV-PR), a PEC tem o objetivo de diminuir o grave problema de desequilíbrio no que diz respeito à representação das bancadas dos Estados na Câmara dos Deputados e a consequente diminuição dos gastos públicos.

(Agência Senado)

No Twitter, Boninho conta detalhes do novo BBB


O diretor do núcleo de entretenimento da Rede Globo, Boninho, usou seu Twitter na noite da última quarta-feira (04) e revelou pequenos detalhes sobre a nova edição do Big Brother Brasil.
Diretor-geral do reality show, Boninho esclareceu aos internautas que os participantes do BBB só serão escolhidos na semana que vem. A partir daí, os brothers irão direto para o confinamento em um hotel no Rio de Janeiro. 
Sempre ativo no Twitter, Boninho ainda revelou que irá se ausentar da rede social por um ano.
"Momento de despedida! Fiz um pacto de silêncio no TT por um ano! Até 2018! Beijos a todos. Desafetos, ódios e amores. A partir daqui, meu silêncio", escreveu. 
A 17ª edição do BBB estreia no próximo dia 23, agora, sob o comando de Tiago Leifert.
Fonte: Cnews

Petrobras reajusta o preço do diesel e mantém o da gasolina


A Petrobras anunciou nesta quinta-feira (5) que reajustará o preço do diesel nas refinarias em 6,1%. Já o preço da gasolina será mantido inalterado.

Segundo a estatal, os novos valores passam a valer a partir desta sexta-feira (6). Se o reajuste for repassado integralmente pelos postos de gasolina para o consumidor, a Petrobras estima que o preço do diesel pode subir 3,8% ou cerca de R$ 0,12 por litro, em média.

Este é o segundo mês consecutivo que o preço do diesel é reajustado pela Petrobras. Em dezembro, contudo, o preço da gasolina também subiu. No dia 5 de dezembro, após duas quedas de preços seguidas, a Petrobras anunciou reajuste de 9,5% no diesel e aumento de 8,1% no preço da gasolina.

Em comunicado, a Petrobras justificou o novo aumento do diesel ao "efeito da continuada, embora mais discreta, elevação dos preços do petróleo nos mercados internacionais, pela valorização do real desde a última revisão de preços e por ajustes na competitividade da Petrobras no mercado interno de gasolina e diesel".

"As revisões anunciadas hoje refletem também movimentos sazonais nas cotações globais dos derivados, com os preços do diesel respondendo a uma maior demanda em função de inverno no hemisfério norte", acrescentou a estatal.

Nova política de preços

Em outubro, a empresa mudou sua política de definição de preços. Desde então, um comitê se reúne pelo menos uma vez a a cada 30 dias para decidir o valor dos combustíveis nas refinarias.
O preço médio da gasolina no país encerrou 2016 em R$ 3,755 por litro. Segundo dados da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). O valor ficou 3,3% acima do registrado na semana que encerrou no dia 1º de janeiro de 2016 e abaixo da inflação esperada para 2016.

O diesel fechou o ano com preço médio por litro de R$ 3,051, o maior valor registrado em 2016, acumulando alta de 2,18% no ano, segundo a ANP. Já o etanol encerrou o ano em R$ 2,844, alta de 6,88% em 2016.

Confira a íntegra do comunicado da Petrobras:

"De acordo com a política de preços anunciada pela Petrobras em outubro de 2016, o Grupo Executivo de Mercado e Preços (GEMP) decidiu elevar o preço do diesel nas refinarias em 6,1%, em média. Os novos valores começam a ser aplicados a partir de 06/01/2017. O preço da gasolina nas refinarias ficou inalterado.

A decisão é explicada principalmente pelo efeito da continuada, embora mais discreta, elevação dos preços do petróleo nos mercados internacionais, pela valorização do real desde a última revisão de preços e por ajustes na competitividade da Petrobras no mercado interno de gasolina e diesel. As revisões anunciadas hoje refletem também movimentos sazonais nas cotações globais dos derivados, com os preços do diesel respondendo a uma maior demanda em função de inverno no hemisfério norte.

A Petrobras reafirma sua política de revisão de preços pelos menos uma vez a cada 30 dias, o que lhe dá a flexibilidade necessária para lidar com variáveis com alta volatilidade.


Como a lei brasileira garante liberdade de preços no mercado de combustíveis e derivados, as revisões feitas pela Petrobras nas refinarias podem ou não se refletir no preço final ao consumidor. Isso dependerá de repasses feitos por outros integrantes da cadeia de combustíveis, especialmente distribuidoras e postos revendedores. Se o ajuste feito hoje for integralmente repassado e não houver alterações nas demais parcelas que compõem o preço ao consumidor final, o diesel pode subir 3,8% ou cerca de R$ 0,12 por litro em média.

Fonte: G1