Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788 5932

sexta-feira, 2 de junho de 2017

Justiça Federal bloqueia R$ 800 milhões de Joesley por compra de dólares


Foto: Reprodução / iG
 Uma liminar emitida pelo juiz Tiago Bitencourt de David, da 5ª Vara Federal Cível da Justiça Federal de São Paulo determinou o bloqueio de R$ 800 milhões da conta do dono da JBS, Joesley Batista. De acordo com informações da Veja, a decisão foi feita com base no suposto lucro que Joesley teve com a compra de dólares às vésperas da divulgação de áudio com o presidente Michel Temer. “Sem mais delongas em cognição sumária vislumbro algum risco ao erário e à ordem econômica”, escreveu o magistrado.

Senhor de 68 anos é agredido pelo filho a pauladas


post-feature-image

Walmer M. S. (43), foi preso no início da noite de quarta-feira (31), após agredir a pauladas o pai de 68 anos e o irmão de 38. O crime ocorreu na residência da família, que fica no bairro Nova Porto Velho, na cidade de Porto Velho, em Rondônia.

De acordo com a polícia, Walmer chegou em casa exaltado, aparentando ter consumido entorpecente e logo iniciou discussão com o irmão. Em meio ao bate boca, o suspeito se armou com um pedaço de madeira e atacou o irmão com vários golpes. O pai tentou impedir e também acabou sendo agredido a pauladas. As vítimas tiveram lesões nas costas e braços. Uma equipe da Polícia Militar foi acionada, mas no momento o suspeito já tinha fugido. Após um certo período, Walmer retornou à residência e passou a insultar o pai chamando-o de velho falso e sem vergonha. Novamente a PM foi ao local e prendeu o suspeito.

Segundo familiares, sempre que faz uso de drogas Walmer fica altamente violento. Inclusive a mãe dele, cansada de ser agredida, estaria morando com um irmão por medo do filho. O suspeito foi apresentado na Central de Flagrantes para as medidas que o caso requer.
Créditos: Canal R