Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788 5932

segunda-feira, 5 de junho de 2017

(VÍDEO) ESTAMOS NO VELÓRIO DA SANDRA, A JOVEM QUE FOI ASSASSINADA PELO COMPANHEIRO NA CIDADE DE FORQUILHA.




 A nossa reportagem conversou com o subtenente ''Linha Dura''. 
 VEJA

Fonte: O Sobralense

Líder de quadrilha está entre os mortos em chacina



Davi Saraiva Benigno, que havia sido preso em novembro de 2015 sob a acusação de liderar uma quadrilha de tráfico de drogas sintéticas, está entre as vítimas da chacina ocorrida na noite deste sábado (3), que deixou seis pessoas mortas no Porto das Dunas, em Aquiraz, na Região Metropolitana de Fortaleza.

A informação foi confirmada pela Secretaria de Segurança e Defesa Social do Estado do Ceará (SSPDS-CE).

A chacina aconteceu por volta das 22 horas de sábado, em uma casa de veraneio localizada na Rua Búzios. De acordo com informações divulgadas em nota pela SSPDS, “mais de vinte pessoas realizava uma festa, quando cerca de quatro homens encapuzados chegaram ao local, em dois veículos, invadiram a residência e passaram a atirar nas vítimas”.

Ainda segundo a Secretaria, todas as vítimas foram levadas para a sede da Polícia Forense do Ceará (Pefoce). As investigações, a fim de esclarecer os fatos e identificar os responsáveis pelo crime.

Confira a nota da SSPDS

“A Polícia Civil do Estado do Ceará informa que a Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) investiga a chacina, que vitimou seis homens, ocorrida na noite desse sábado (03) em uma residência, na Rua Búzios no Porto das Dunas, em Aquiraz. Investigações iniciais apontam que um grupo de mais de vinte pessoas realizava uma festa na casa de veraneio quando cerca de quatro homens encapuzados chegaram ao local, em dois veículos, invadiram a residência e passaram a atirar nas vítimas. A Polícia informa ainda que para ter acesso à residência, os infratores utilizaram um dos veículos para danificar o portão principal e entrar no imóvel.
A DHPP foi para o local de crime, juntamente com equipes da Polícia Militar e da Perícia Forense, e iniciou as investigações. Ainda na noite de ontem e na madrugada deste domingo (04), várias testemunhas foram ouvidas na sede da especializada.
As vítimas
Os seis homens mortos foram encaminhados para a sede da Pefoce, onde deverão ser reconhecidos por familiares.”

Rave Over

Davi foi preso por policiais da Delegacia de Combate ao Tráfico de Drogas (DCTD), em 2015, durante a segunda fase da Operação Rave Over. Na ocasião, além dele, outras 13 pessoas foram detidas. Com o grupo, os agentes de segurança apreenderam o equivalente a R$ 220 mil em drogas sintéticas.

Fonte: Cnews