Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788 5932

sexta-feira, 2 de junho de 2017

Lula diz que já provou sua inocência e que é preciso parar com essa "palhaçada"


Ex-presidentes Lula e Dilma Rousseff no Congresso Nacional do PT (Foto: Divulgação)

O ex-presidente Lula afirmou, no primeiro dia do Congresso Nacional do PT, 1°, que “já provou sua inocência e, agora, é a hora de a Lava Jato provar sua culpa”. O petista disse ainda que é preciso “parar com essa palhaçada”.

“Eu acho que está chegando o momento de parar com palhaçada neste País. Este País não comporta mais essa destruição de achincalhamento”, declarou em seu discurso no evento, que acontece em Brasília.

Em referência ao depoimento que prestou ao juiz federal Sérgio Moro, responsável pela Operação na primeira instância, Lula afirmou que não quer preocupação com seu "problema pessoal". "Isso eu vou resolver com o Ministério Público e com o representante da Lava Jato", afirmou.

O ex-presidente rebateu a delação do empresário Joesley Batista, um dos donos da JBS. Ao citar declarações do empresário de que a empresa teria criado uma conta para abastecer campanhas petistas, Lula chamou Joesley de “canalha”.

“Um canalha de um empresário disse que fez uma conta para mim e outra para Dilma, mas a conta está no nome dele e é ele quem mexia na conta", afirmou.


Fonte O Povo 

Dinheiro no bolso: Governo Federal deve pagar em agosto 13º dos aposentados


A semana termina com sinais de uma boa notícia para os aposentados e pensionistas do INSS. O governo federal pretende manter em agosto a antecipação da primeira parcela do 13º para os beneficiários da Previdência. A informação, antecipada, nesta sexta-feira, pelo Jornal Agora, de São Paulo, teria sido revelada pelo presidente Michel Temer (PMDB) aos representantes de sindicatos, segundo o presidente do Sindnapi (Sindicato Nacional dos Aposentados), João Inocentini.

O Governo Federal tem mantido, nos últimos anos, a antecipação, para o início do segundo semestre do ano, o desembolso da primeira parcela do 13º. O dinheiro, além de alívio o bolso dos segurados do INSS, ajuda a aquecer a economia. São mais de 28 milhões de beneficiários e, pelo menos, R$ 16 bilhões somente com a primeira parcela do 13º.

“O Temer disse que considera a antecipação um direito já adquirido pelos beneficiários e não haveria motivos para mudar isso”, afirmou o presidente do Sindnapi (Sindicato Nacional dos Aposentados), João Inocentini. O adiantamento da primeira parcela do 13º ocorre há uma década devido a um acordo estabelecido entre o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e as centrais sindicais.

Em 2015, com o agravamento da crise econômica, o governo Dilma Rousseff (PT) decidiu adiar a liberação dos valores. Após sofrer forte pressão de sindicatos e associações de aposentados, que recorreram à Justiça para garantir a antecipação, a primeira parte da gratificação saiu em setembro, com um mês de atraso.

Atrasados do INSS
O CJF (Conselho da Justiça Federal) liberou R$ 9,726 bilhões para o pagamento dos atrasados do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) e de outros órgãos federais acima de R$ 47.280. Ao todo, 122.648 segurados e servidores públicos serão beneficiados em todo o país.

Neste ano, recebem a grana os segurados do INSS que ganharam uma ação de revisão ou concessão de benefício e que tiveram o pagamento liberado pelo juiz entre 2 de julho de 2015 e 1º de julho de 2016. Como parte dos pagamentos foi autorizada em 2015, o valor mínimo a ser depositado foi calculado sobre o salário mínimo do país naquele ano, que era de R$ 788.

 
Com informações do Jornal Agora