Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788 5932

segunda-feira, 5 de junho de 2017

Balanço parcial do fim de semana registra 48 mortes violentas no Ceará

Durante o fim de semana, vários acidentes foram registrados na Capital e Interior

Ao menos, 48 pessoas tiveram morte violenta neste fim de semana em todo o Ceará. O balanço parcial registra 41 casos de homicídios e mais sete mortes em decorrência de acidentes de trânsito. Destaque para uma chacina ocorrida na noite de sábado (3), no Município de Aquiraz, na região Metropolitana de Fortaleza (RMF), onde seis pessoas foram assassinadas, a tiros, em uma casa de veraneio.
Em Fortaleza, foram 12 homicídios. Já na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), foram registrados 14 homicídios nos seguintes locais: Aquiraz (6), Maracanaú (4), Horizonte (2), Pacajus, e São Gonçalo do Amarante.
INTERIOR - No Interior Norte, a região que apresentou o menor número de homicídios no fim de semana, foram registrados quatro assassinatos, nos seguintes Municípios: Forquilha, Sobral, Monsenhor Tabosa e Aracoiaba.
No Interior Sul, conforme o registro das autoridades plantonistas, ocorreram 11 assassinatos nos seguintes Municípios: Juazeiro do Norte (2), Senador Pompeu (2), Crato, Acopiara, Campos Sales, Icó, Aracati, Quixadá e Solonópole.
ACIDENTES - Sete pessoas morreram em consequência de acidentes nos seguintes Municípios: Fortaleza, Morada Nova, Trairi, Limoeiro do Norte, Quixadá, Ibiapina e Camocim.

Apresentador Marcelo Rezende desfaz boatos e revela não ter medo da morte

Marcelo Rezende voltou a usar seu perfil do Instagram para atualizar os seguidores sobre seu estado de saúde após ser diagnosticado com câncer no pâncreas e figado. Na última sexta-feira (02), o apresentador do “Cidade Alerta“, da Record TV, apareceu num vídeo segurando uma Bíblia para negar os rumores de que está morrendo.
Os boatos surgiram depois do médico Ney Cavalcanti de Albuquerque afirmar à “Rádio Jornal”, de Pernambuco, que o jornalista possui apenas 1% de chance de recuperação.
“Deixa eu dizer uma coisa: não estou lendo nada. Minha leitura está aqui (a Bíblia) porque é esta leitura que vai me tirar de todo o deserto que estou atravessando. Mas, comentaram comigo que um site de notícias disse que eu estava morrendo. Olha bem para mim se eu estou morrendo”, ironizou o amigo de Geraldo Luís.
Em seguida, ele mostrou que segue confiante em sua recuperação: “Primeiro que não tenho medo da morte. Quem tem Deus não tem medo de nada. Portanto, eu estou bem, atravessando todo o meu caminho da maneira que deve ser, mas guiado pelo Altíssimo. Então, pode ter certeza, que vamos alcançar a vitória”.