Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788 5932

domingo, 2 de julho de 2017

Em Fortaleza, Dois policiais são baleados em tentativa de assalto

A violência deixou mais dois policiais militares feridos, durante uma tentativa de assalto no bairro Henrique Jorge, em Fortaleza. O crime, registrado neste sábado (1), aconteceu quando os PMs foram abordados por dois homens que anunciaram um assalto.

De acordo com a Associação de Profissionais de Segurança (APS), as vítimas estavam em um carro com mais duas pessoas, quando os suspeitos se aproximaram. Houve reação dos militares e os suspeitos dispararam. Os policiais, identificados como soldado Monteiro e Cabo Ferreira foram atingidos e os suspeitos fugiram em seguida.

O cabo foi atingido com um tiro na nuca, correndo risco de morte, enquanto o outro foi atingido com disparo de raspão e passa bem. A Polícia Militar realiza diligências, mas nenhum suspeito foi encontrado.

Com esta, sobe para cinco o número de ocorrências com policiais militares em Fortaleza, em um mês. O primeiro registro aconteceu no último dia 9 de junho, quando um policial foi baleado na Parangaba. A vítima foi baleada na perna, socorrida e passa bem. No dia 14 do mesmo mês, o policial afastado José Roger Marques da Penha (45) foi baleado no bairro Autran Nunes.

O crime mais recente aconteceu no dia 29, quando um soldado reformado identificado como Domingos Erialdo Amorim de Oliveira (43), foi morto encontrado morto dentro de um carro no bairro Autran Nunes. A Perícia Forense encontrou oito perfurações no corpo do policial. O crime é investigado pela Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Nenhum suspeito foi preso. 


Fonte Cnews

Tomar energéticos todos os dias pode causar problemas à saúde?


Ricos em cafeína e outras substâncias como taurina e glucoronolactona, os energéticos são poderosos estimulantes, capazes de deixar a pessoa alerta por várias horas. Por isso, são muito consumidos em festas, noitadas e também por quem precisa ficar acordado durante a madrugada para estudar ou trabalhar.

Tomar uma latinha vez por outra não vai fazer mal a ninguém. Consumir todos os dias, por sua vez, é, sim, prejudicial à saúde.

“Muita gente bebe energético como se fosse refrigerante, mas não é”, alerta a nutróloga Ana Luisa Vilela. “As principais consequências de um consumo excessivo são irritabilidade, fadiga, aumento da pressão cardíaca, arritmias, quadros de ansiedade, convulsões e, em quadros mais sérios, alterações psíquicas e motoras.”

Segundo Ana Luisa, o segredo é moderar o consumo. “De qualquer forma, pessoas com arritmia cardíaca, problemas vasculares, cardíacos e neurológicos devem evitar a bebida”, aconselha ela.