Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788 5932

sábado, 1 de julho de 2017

Bebê nasce após levar 2 tiros na barriga da mãe

Bebê sendo transferido do Hospital Moacyr do Carmo para o Hospital Adão Pereira Nunes
Bebê sendo transferido do Hospital Moacyr do Carmo para o Hospital Adão Pereira Nunes

Uma mulher com nove meses de gestação deu entrada nesta sexta-feira, na emergência do Hospital Moacyr do Carmo, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, ferida por dois tiros na barriga. O bebê nasceu. Durante a cesariana de emergência, os médicos se surpreenderam ao constatar que o bebê também havia sido atingido.
Baleado no peito, o recém-nascido sofreu um pneumotórax bilateral (entrada de ar dentro da pleura, a membrana que recobre os pulmões), está entubado e luta pela vida. A bala entrou pelo ombro direito do menino e atravessou seu torax. O segundo tiro atingiu o lóbulo da orelha da criança.
Nos primeiros minutos de vida do bebê, os médicos precisaram drenar o ar para voltar a expandir o pulmão.
Identificada como Claudineia dos Santos Melo, de 29 anos, a mãe também sobreviveu aos ferimentos e tem quadro de saúde estável. Ela deu entrada lúcida no hospital e relatou à equipe médica que estava sozinha num mercado, quando começou um tiroteio na Favela do Lixão, em Caxias. Nesse momento, segundo ela, foi atingida por balas perdidas.

Mês de junho termina com mais de 450 pessoas assassinadas no Ceará, com chacinas e múltiplas execuções

Chacina de Aquiraz 444
Noite de 3 de junho, seis pessoas mortas nesta casa de veraneio, no Porto das Dunas/Aquiraz
Chacina em Horizonte 555
Noite de 12 de junho, cinco pessoas fuziladas na frente de um bar, na cidade de Horizonte
O mês de junho termina nesta sexta-feira (30) com resultados negativos para a Segurança Pública do Ceará. Levantamento ainda parcial indica que entre os dias 1º e 29, nada menos, que 452 pessoas foram assassinadas no estado. Dados da própria Secretaria da segurança Pública e defesa Social mostram que até a última segunda-feira (26) já haviam oficialmente sido registrados 404 crimes violentos, letais e intencionais (CVLIs). No acumulado do ano, já são 2.272 assassinatos.
Contudo, nos dias seguintes, mais 48 crimes de assassinatos foram registrados no estado, sendo 11 na terça-feira (dia 27), 20 na quarta-feira (28) e outros 17 nesta quinta-feira (29), conforme  ocorrências atendidas e registradas pela Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops), em Fortaleza;  e pelos comandos de Policiamento da Capital (CPC), da Região Metropolitana de Fortaleza (CPM) e do Interior (CPIs Norte e Sul), faltando, portanto, contabilizar somente os CVLIs desta sexta-feira (30).
Aumento
O número dos assassinatos em junho deste ano no Ceará, embora que ainda parcial, já é superior em 82,2 por cento em comparação ao de junho de 2016, quando ocorreram 248 CVLIs no estado, conforme dados da SSPDS.
Outro fato que chamou a atenção das autoridades foi o número crescente de casos de múltiplos homicídios. Em junho, em todo o estado, já foram praticados 15 duplos homicídios, dois triplos, um quádruplo, um quíntuplo e um sêxtuplo, totalizado 60 mortos em 20 ocorrências de assassinatos.
Chacinas
Pelo menos, duas chacinas aconteceram em junho, ambas na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF).  A primeira, na noite do dia 3, em uma casa de veraneio no Porto das Dunas, em Aquiraz, quando seis pessoas foram assassinadas a tiros.
Já no dia 12, outras cinco pessoas, entre elas, uma criança e duas mulheres, foram mortas na porta de um bar, no bairro Diadema, no Município de Horizonte. 

http://blogdofernandoribeiro.com.br/