Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788 5932

sexta-feira, 2 de junho de 2017

Polícia Civil apreende 60 fuzis de guerra no Aeroporto Internacional do Rio


Armas estavam em carga de aquecedores de piscina no Galeão. Em maio, PM apreendeu 32 fuzis e secretário disse que não se lembrava de apreensão maior de armas.
Policiais da Delegacia Especializada em Armas, Munições e Explosivos (DESARME) e da Delegacia de Roubos e Furtos de Cargas (DRFC), apreenderam, nesta quinta-feira (1), 60 fuzis de guerra, no Terminal de Cargas do Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro. A informação é da Polícia Civil do Rio.

Segundo nota da corporação, são fuzis AK 47, G3 e AR 10, vindos de Miami (EUA) dentro de containers junto com uma carga de aquecedores para piscinas.

O chefe de Polícia, Carlos Leba e o secretário de Segurança do Rio, Roberto Sá, darão entrevista coletiva ainda esta tarde sobre a apreensão.

No início de maio, a PM fez uma apreensão de 32 fuzis, após o confronto entre facções pelo controle na venda de drogas da comunidade de Cidade Alta, na Zona Norte. Na ocasião, Sá afirmou que não se lembrava de uma apreensão maior de armas do tipo durante sua carreira. Estima-se que a apreensão representou um prejuízo aos traficantes da ordem de R$ 1,6 milhão.

O número é estimado por investigadores da Polícia Civil do Rio, levando em conta que no mercado clandestino, um fuzil custa, em média, R$ 50 mil. Os cálculos deixam de lado as pistolas, munições e granadas apreendidas na ação.

Delegacia nova

A apreensão desta quinta teve participação da Delegacia Especializada em Armas, Munições e Explosivos (Desarme), inaugurada em abril e uma das maiores apostas de Sá no comando da Secretaria de Segurança. Na ocasião da inauguração, o secretário afirmou que um dos objetivos da unidade era encontrar o caminho das cerca de 25 armas apreendidas por dia no Estado do Rio.

Fonte: G1

Hospital público no CE abre 651 vagas com salários até R$ 8,4 mil

De acordo com o edital, oportunidades - que ainda terão cadastro de reserva, são para 23 funções.

Seguem até 4 de junho as inscrições para o processo seletivo com 651 vagas para o Hospital Geral Dr. Waldemar Alcântara, em Fortaleza. Ao todo, são 23 funções contempladas com níveis Fundamental, Médio e Superior. 

As remunerações variam de R$ 937,00 a R$ 8.433,00. Das 651 oportunidades, 370 são para vagas de nível Superior; 230 são para vagas de nível Médio e 51 para Fundamental. Há ainda formação de cadastro de reserva.
Hospital Geral Dr. Waldemar Alcântara, localizado na rua Dr. Pergentino Maia, 1559, Messejana  Divulgação)

As taxas de inscrição são de R$ 40,00 a R$ 120,00 com data prevista para as provas objetivas para o dia 25 de junho.

O edital publicado pelo Instituto de Saúde e Gestão Hospitalar (ISGH) selecionará candidatos para o preenchimento de vagas do quadro de funcionários do Hospital Geral Dr. Waldemar Alcântara (HGWA).

PROCESSO SELETIVO
Hospital Geral Dr. Waldemar Alcântara
Vagas: 651
Inscrições: até 4 de junho
Níveis: fundamental, médio e superior

Fonte: Diário do Nordeste