Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788 5932

segunda-feira, 5 de junho de 2017

OS 10 PRIMEIROS SINAIS DO CÂNCER DE PRÓSTATA QUE TODOS OS HOMENS DEVERIAM SABER!

Entre os homens, o câncer de próstata é o segundo tumor que mais causa mortes no Brasil.
Por isso é de grande importância identificar de forma precoce o câncer, pois teremos mais chances de lutar contra o tumor.

Os primeiros sinais do câncer de próstata podem passar despercebidos, e muitos dos sintomas acabam sendo confundidos com outras doenças.

Conheça nove sinais da presença do câncer de próstata:

1. Dificuldade de urinar

Este sintoma é facilmente confundido com infecção urinária.

O homem que tem câncer de próstata pode sentir desconforto, coceira, além de demorar a conseguir urinar.

2. Aumento da frequência urinária

Há um grande aumento na vontade de urinar, principalmente à noite.

Este sintoma pode ser confundido com o diabetes, cuidado!

3. Dores na região lombar

É muito comum sentir dores na região inferior das costas.

Muitas vezes, essas dores são associadas a dores musculares e acabamos não dando a importância devida.

Faça um exame médico caso as dores na região lombar se estendam até as coxas e quadris.

4. Dores na uretra

Há dores intensas na uretra e na bexiga com sensação de queimação.

A dor é parecida com aquela que sentimos quando a urina é presa.

5. Diminuição da força da urina

Há uma grande dificuldade em conseguir terminar de urinar.

Este sintoma também é confundido com a infecção urinária.

6. Dores nas costas enquanto se faz xixi

Este é um sintoma bem comum e a dor é intensa.

7. Sangue nos fluidos

Devido à presença de sangue, é notável a mudança de cor da urina, da pré-ejaculação e do sêmen.

8. Dificuldades durante o sexo

O câncer de próstata provoca dores intensas na hora da ejaculação e grande dificuldade de ereção.

9. Disfunção erétil

A diminuição do vigor sexual é também um dos sinais do câncer de próstata.

10. Dores nos ossos

Devido à presença de células malignas no organismo, ocorrem inflamações pelo corpo que provocam dores intensas nos ossos e nas articulações.

Sentir dores nas coxas, costas e pelve é muito comum e é bastante confundida com a dor no nervo ciático.

ATENÇÃO!

Recomendamos que você procure um médico urgente caso sinta algum dos sintomas acima.

Pode não ser nada.

Porém é muito importante investigar.

Essa dica não substitui um especialista. Consulte sempre seu médico.

Fonte: Curapelanatureza

Ceará tem três cidades entre as 30 mais violentas do País em lista liderada pelo PA



Segundo os autores da pesquisa, essa crise é resultado de falta de políticas minimamente efetivas para a área.
Estudo divulgado pelo instituto de Pesquisas Econômicas Aplicadas (Ipea) e pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública, com dados de 2015, mostra que o Ceará tem três cidades entre as 30 mais violentas do país. O ranking é liderado pela cidade de Altamira, no Pará.

Por aqui, estão na lista Maracanaú (6ª posição), Fortaleza (13ª posição e primeira capital a aparecer no ranking) e Caucaia (27ª posição).

Veja a lista completa AQUI.

Segundo a Exame, o cenário retratado pelo estudo, segundo os autores da pesquisa, acabou evoluindo para a crise de segurança pública que estremeceu o país no início do ano. De acordo com o estudo, essa crise é resultado direto da incapacidade dos governos em planejar, propor e executar políticas minimamente efetivas para a área.

Em 2015, 59.080 morreram vítimas de homicídios no Brasil — o que equivale a 28,9 mortes a cada 100 mil habitantes.

Entenda

Isso significa que, a cada três semanas, 3,4 mil pessoas foram assassinadas no Brasil – um número maior do que a quantidade de mortos nos 498 ataques terroristas que aconteceram nos cinco primeiros meses de 2017.

A taxa mostra uma nova acomodação nos níveis de homicídios no país, que passaram da faixa de 48 mil a 50 mil até 2007 para um novo nível de 59 mil a 60 mil em 2015.

Com informações da exame.com