Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788 5932

sexta-feira, 7 de julho de 2017

Mulheres são perseguidas e mortas a tiros de pistola na zona Oeste de Fortaleza



Por Jornalista Fernando Ribeiro: Elas tentaram fugir dos criminosos, mas acabaram cercadas em um beco.

Subiu para 108 o número de mulheres assassinadas no Ceará neste ano. O caso mais recente ocorreu na noite desta quarta-feira (5), na zona Oeste de Fortaleza, quando duas mulheres foram executadas sumariamente com tiros de pistola. O crime ainda está envolto em mistério, mas os indícios colhidos pela Polícia no local de crime apontam para um suposto “acerto de contas” do tráfico.

O duplo homicídio ocorreu por volta das 21 horas de ontem, no bairro Quintino Cunha, na comunidade conhecida como Favela dos Plásticos. Duas mulheres que trafegavam em uma motocicleta foram perseguidas pelas ruas do bairro e acabaram cercada pelos assassinos em um beco na Rua Ipiranga.

Sem ter como fugir dos atiradores, as duas mulheres acabaram sendo fuziladas. No local da execução a equipe da Perícia Forense (Pefoce) recolheu várias cápsulas de balas de calibre 380. As vítimas receberam tiros na cabeça, nas costas e nos braços e pernas.

Apenas uma das mulheres foi identificada oficialmente no local do crime. Tratava-se de Elizabeth Cruz Carneiro, 29 anos, conhecida por “Betinha”.  A outra, seria Josy. A Polícia recebeu a informação de que as vítimas moravam no Conjunto Palmeiras e não se sabe, ainda, o motivo de terem ido à favela do outro lado da cidade.
 Blog do Jornalista Fernando Ribeiro

'Vídeo selfie' dentro de carro registra capotamento que matou jovem no Piauí; veja o vídeo impressionante




Imagens impressionantes veiculadas na internet mostram o momento em que um grupo de cinco amigas sofreu um acidente na BR-230, no município de Fronteiras e uma delas morreu. O acidente que aconteceu entre as cidades de São Julião e Fronteiras, foi no dia 10 de junho, mas as imagens só foram divulgadas esta semana.

O vídeo mostra as jovens dentro do carro cantando, quando de repente a motorista do veículo perde o controle da direção e o carro capota. Antes disso, a condutora por vários segundos tira a atenção da estrada para olhar em direção à câmera. É possível ouvir as jovens gritando e assustadas. As vítimas faziam um vídeo selfie quando voltavam de uma festa numa cidade vizinha.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, as amigas serão ouvidas para esclarecer o que motivou o acidente, já que antes da divulgação do vídeo, a situação da desatenção da condutora era desconhecida.

Em entrevista ao PITV 2ª Edição, a mãe da jovem que morreu confirmou que o vídeo foi gravado no momento do acidente e que não pretende levar o caso adiante.

Uma das sobreviventes está internada em estado grave no Hospital de Urgência de Teresina (HUT). Segundo a assessoria de comunicação da unidade de saúde, a jovem entrou no HUT com traumatismo craniano, fez cirurgia e teve alta médica 10 dias depois. Porém, voltou a ser internada no dia 28 de junho, por conta de complicações na cirurgia e está fazendo um tratamento com antibióticos. Assista.
Créditos: G1