Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788 5932

segunda-feira, 3 de julho de 2017

Carro cai em rio no Ceará após deslocamento de areia, e mulher morre afogada


Uma mulher morreu afogada quando um veículo tombou nas margens do Rio Mal Cozinhado, próximo ao encontro com o mar na Praia de Águas Belas, no litoral do Ceará, na tarde deste domingo (2).

De acordo com o tenente-coronel da Polícia Militar Marcos Costa, testemunhas relataram que a vítima ficou com a perna presa ao veículo e por isso não conseguiu sobreviver. Ainda conforme os depoimentos, outras três pessoas que estavam no passeio deixaram o carro a tempo e abandonaram o local.

O policial acrescenta que as quatro pessoas que estavam no Jeep que tombou no rio trafegavam muito próximos à margem, quando houve o acidente. "Pelas análises iniciais das imagens aéreas, houve um deslocamento de terra, e o carro tombou para dentro do rio", diz.

Equipes do Samu e da Ciopaer (Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas) foram direcionadas ao local para tentar o resgate, mas a mulher já havia morrido quando os profissionais chegaram.

"O caso será agora encaminhado à Polícia Civil, porque houve óbito e é preciso abrir um inquérito. Muito provavelmente os policiais vão precisar ouvir os três rapazes que estavam no veículo e deixaram o local, conforme relato das testemunhas", diz o tenente-coronel.

De acordo com as delegacias de Horizonte e do Eusébio, distritos policiais plantonistas da região, a ocorrência ainda chegou à Polícia Civil.
Fonte: G1

Advogados de Lula, Temer, Aécio e Dilma articulam manifesto contra MP e Judiciário


Alguns dos principais políticos brasileiros estarão unidos por meio de um manifesto que questionará o Judiciário e o Ministério Público. As informações são da Folha de S.Paulo.
Segundo a coluna Painel, advogados de Michel Temer (PMDB), Dilma Rousseff (PT), Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Aécio Neves (PSDB) articulam lançar o manifesto. Os debates acontecem, inclusive, afirma o jornal, em um grupo de WhatsApp.
A Folha afirma que o “pai” do manifesto seria o ex-presidente Lula. Sua ideia tomou forma no grupo, entitulado “Prerrogativas”, e ganhou força principalmente após a delação da JBS, centro da maior parte dos questionamentos do manifesto.
A linha de frente da formulação do manifesto em questão é formada por Alberto Toron, advogado de Aécio e Dilma, Cristiano Zanin, defensor de Lula, e Antonio Mariz de Oliveira, que trabalha com Temer.
Todos os políticos em questão estão envolvidos de alguma maneira na Lava Jato e fortemente implicados na delação dos donos da JBS, os irmãos Joesley e Wesley Batista.
Fonte: Yahoo Notícias