Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788 5932

quarta-feira, 5 de julho de 2017

Adolescente quase perde a visão após fazer algo muito comum entre as mulheres


post-feature-image

A beleza é um dos fatores mais importantes da sociedade atual. O culto ao belo faz com que milhares de pessoas se submetam a diversos procedimentos que prometem resolver uma ou outra imperfeição do corpo.

Esse tipo de tratamento é especialmente popular entre as mulheres, que sentem ainda mais essa cobrança social de estar sempre bonita, e dentro dos padrões impostos pela mídia.

Por isso, muitas delas acabam colocando em risco a saúde ao realizar dietas malucas ou procedimentos pouco confiáveis no rosto e no corpo. Mas, nem todo mundo sabe quais são os riscos reais de alguns tratamentos estéticos.

O que parece inofensivo pode se tornar um pesadelo se não for feito com cautela, e por profissionais devidamente certificados.

Foi justamente numa dessas circunstâncias que, recentemente, uma adolescente quase ficou completamente cega por conta da busca incansável pela beleza.

A jovem identificada como Tylah Jae Durie decidiu fazer pigmentação para reforçar sobrancelhas e cílios. Pouco tempo depois do procedimento ser realizado, a menina, que tem apenas 16 anos, disse que começou a sentir uma queimação no local onde a tinta havia sido aplicada.

Então, começou o terror. No dia seguinte, a adolescente acordou com os olhos tomados por uma dor que ela compara com o aparecimento de areia. Suas sobrancelhas pareciam cortadas com lâmina.

O inchaço tomou conta dos dois olhos e Tylah mal conseguia abri-los.

Mas, quando o fez, viu que eles estavam a completamente avermelhados e com aspecto assustador.

A garota foi hospitalizada às pressas e, segundo o laudo médico, teve uma reação alérgica severa e rara, que causou queimaduras em seu globo ocular.

Tudo poderia ser evitado se a garota tivesse realizado um simples teste de alergia com o produto antes da utilização. Esse teste consiste em aplicar uma pequena quantidade em uma área de pele e aguardar um período para ver se ocorre alguma reação.

Os médicos alertaram Tylah que ela poderia ficar cega e com isso deixaram o recado de que todo procedimento à base de tintura deve ser feito somente após o teste de alergia.

Menina faz alerta nas redes sociais

Assustada com a situação, a menina decidiu fazer um post em seu Facebook para alertar outras pessoas que não cometam o mesmo erro. As fotos postadas por ela para mostrar o resultado depois da reação alérgica são assustadoras.

A adolescente chegou a chorar lágrimas com pus, tamanha agressividade da reação alérgica.

Apesar do quadro crítico, ela se recuperou e ficou com apenas algumas sequelas no globo ocular, mas que não comprometeu de maneira grave a sua visão. No entanto, o final dessa história poderia ter sido muito mais dramático e Tylah poderia ter ficado completamente cega simplesmente por não seguir um procedimento indicado.
|Créditos: Cesar Nascimento via Blasting News

Adolescente é espancada e queimada com água fervendo por não fazer sexo com traficante, veja o video


Uma adolescente de 16 anos foi espancada por um suposto traficante, em João Pessoa, na Paraíba. O motivo da agressão teria sido porque a garota se recusou a namorar com ele. As imagens da agressão foram capturadas por uma câmera.

As imagens mostram a garota sendo espancada e queimada com água quente por um traficante conhecido no bairro dos Novais como Didão. A Polícia Civil tomou conhecimento do caso e agora irá abrir um inquérito policial e a Delegacia de Crimes Contra a Pessoa irá investigar o caso. A jovem que foi agredida também será procurada para saber que tipo de assistência ela está recebendo.

Depois que o inquérito for concluído, a promotora da infância e da juventude Soraya Escorel disse que o Ministério Público irá se pronunciar e fazer a denúncia.
Reproduzido por MassapeCeara.Com