Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788

terça-feira, 15 de maio de 2018

Pênis "explode" durante relação sexual em motel e namorada é presa por tentativa de homicídio


O ajudante de pedreiro, Adailton Santos, 35 anos, foi com sua namorada, Mayra, 32 anos, curtir momentos de prazer em um motel da Zona Sul de Belém, no Pará. O que aconteceu a seguir foi típico de filme de ficção científica. O pênis do homem simplesmente explodiu durante a relação.

Segundo depoimento do homem, durante o ato sexual, a namorada de Adailton estava muito louca e tarada, e começou a esguichar umas faíscas de suas partes por todos os lados, e num exato momento ouviu a mulher dizer que tava pegando fogo, e houve uma espécie de pipoco ou explosão na vagina da mulher que lhe jogou quase no teto do quarto.

Imediatamente Adailton diz que ligou para a recepção, que acionou a polícia e o SAMU.

Desesperada, a namorada de Adailton foi até a casa da família do namorado para explicar o inexplicável, mas não adiantou nada e ela foi presa sob suspeita de tentativa de homicídio.

Para à polícia a mulher insistia em dizer que era inocente e que fazia 5 anos que não fazia sexo, e na hora, “explodiu” durante o ato sexual.

A namorada de Adailton foi solta depois que saiu o laudo do Instituto Médico Legal, que apontou como um acidente raro e externo, ocasionando uma hemorragia tão forte que as veias da vagina da mulher não aguentaram a pressão e, de fato, “explodiu”.

Fonte: Portal CM7