Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788

domingo, 6 de maio de 2018

Corpo encontrado é de homem que caiu com edifício no Centro de SP

Ricardo Pinheiro, que está desaparecido, tinha tatuagens pelo corpo

O corpo encontrado na tarde da última sexta-feira (4) nos escombros do edifício Wilton Paes de Almeida, no Centro de São Paulo, é do homem que caiu com o edifício. A confirmação de que o cadáver é de Ricardo Oliveira Galvão Pinheiro, de 39 anos, foi feita após exame nas digitais, que estavam intactas.
O cadáver foi levado ao Instituto de Criminalística (IC) e passou por exame de papiloscopia, que comparou suas impressões digitais com as de Ricardo que estavam registradas no banco de dados da Polícia Civil.
A vítima por pouco não foi retirada do prédio com vida. Bombeiros tinham acabado de colocar o cinto de segurança para puxá-lo para um prédio vizinho quando o edifício em chamas ruiu na madrugada de terça.
Vizinhos contaram que, durante o incêndio, Ricardo já tinha saído do edifício, mas voltou para tentar ajudar os moradores dos andares mais altos, que estavam com dificuldade para sair.
Além de o cadáver estar com o cinto de salvamento, tinha tatuagens semelhantes às de Ricardo e vestia uma blusa azul com inscrição atrás, muito parecida com a que o homem usava no dia do incêndio.
Inicialmente, os bombeiros encontraram a perna da vítima. O restante do corpo foi retirado em seguida, mas sem a cabeça.

Desaparecidos - Com a descoberta do corpo de Ricardo, os bombeiros agora trabalham oficialmente com cinco vítimas desaparecidas:

Selma Almeida da Silva
Welder, 9 anos, filho de Selma
Wender, 9 anos, filho de Selma
Eva Barbosa Lima, 42 anos
Walmir Sousa Santos, 47 anos

Além de Selma e os filhos gêmeos dela, agora, as equipes buscam o casal Eva Barbosa Silveira, de 42 anos, e Walmir Souza Santos, de 47. Eles estavam no oitavo andar do prédio.