Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788 5932

sábado, 4 de fevereiro de 2017

TOME 1 XÍCARA DESTE REMÉDIO - VOCÊ NUNCA MAIS VAI TER DIFICULDADE PARA DORMIR!


Se você tem insônia, deve realmente experimentar esta receita. Ela é um antigo remédio para insônia e de efeito comprovado ao longo de várias gerações. Você só precisa beber um copo antes de dormir e dormirá maravilhosamente bem.

São apenas três ingredientes. E um deles é a extraordinária erva-cidreira, também conhecida como melissa. Há muitos trabalhos científicos sobre esta planta.

A maioria desses trabalhos demonstrou que a erva-cidreira apresenta efeitos ansiolíticos em condições de estresse de leve a moderado.

O bom é que, diferentemente dos calmantes sintéticos, a planta não interfere em atividades como dirigir e, por isso, pode ser ingerida em qualquer horário.

A erva-cidreira também age no sistema digestivo. Ela é ótima nos casos de cólicas intestinais e de outros distúrbios gástricos. Além disso, alivia cólicas menstruais, tosses e febres.

A erva-cidreira também é um bom analgésico e pode aliviar dores de cabeça.

A receita que vamos ensinar proporciona todos esses benefícios e tem a vantagem, em relação ao chá da planta, de ser muito mais saborosa. 

A preparação original é com leite.

Não somos fãs de leite e, por isso, sugerimos a substituição por um leite vegetal.

Veja como é fácil:

INGREDIENTES

2 colheres (sopa) de folhas secas de erva-cidreira

1 copo (250 mL) de leite de vaca/cabra ou vegetal (veja uma opção abaixo)

1 colher (chá) de mel puro (diabéticos devem substituir por estévia ou simplesmente não usar nenhum adoçante)

MODO DE PREPARO

Leve o leite e a erva-cidreira ao fogo e desligue depois de levantar fervura.

Espere amornar.

Coe, acrescente o mel, mexa e tome logo em seguida.

RECEITA DE LEITE VEGETAL

Há várias opções: soja, coco, amêndoas, arroz, girassol...

Mas vamos ensinar a do leite de gergelim, riquíssimo em cálcio.

INGREDIENTES

1 xícara de gergelim bege ou preto (o preto é o que tem mais cálcio)

3 xícaras de água filtrada ou mineral

MODO DE PREPARO

Deixe o gergelim de molho na água de 8 a 12 horas.

Passado esse período, jogue a água fora e fique só com as sementes hidratadas de gergelim.

Bata no liquidificador com 3 ou 4 xícaras de água (a quantidade vai depender de você querer um leite mais grosso ou não).

Coe e está pronto o leite de gergelim.

Guarde na geladeira e consuma em até 24 horas.

Com a sobra que ficou depois de coar o leite, você pode fazer o “queijelim”, a ricota de gergelim.

É só temperar com o que você quiser (alecrim, orégano, salsinha, azeite e sal, por exemplo).

Essa dica ão substitui um especialista. Consulte sempre seu médico.

sobral24horas.com

Quem bebe café tem menos problemas cardíacos e vive mais, diz estudo



Quer evitar doenças do coração e aumentar sua longevidade? Continue bebendo aquele sagrado cafezinho. Um estudo publicado na revista Nature mostra que o consumo de café pode reverter a tendência de inflamações crônicas e doenças cardiovasculares que surgem com o avançar da idade.

Já era de conhecimento da medicina que mais de 90% das doenças não-transmissíveis do envelhecimento estão associadas à inflamação crônica. Diversos artigos científicos apontam que a inflamação crônica contribui para o aparecimento de diferentes tipos de câncer, mal de Alzheimer e outras demências, osteoartrite e até mesmo depressão, além de doenças cardiovasculares.

Muito já foi estudo sobre a contribuição da ingestão de cafeína para a longevidade. Agora, o time de pesquisadores liderados David Furman e Mark Davis, da faculdade de medicina de Stanford, revelaram uma provável associação entre as doenças decorrentes da inflamação, a longevidade e o café.

De acordo com o estudo, os ácidos nucleicos - moléculas que servem como tijolos dos nossos genes – sofrem degradação ao longo da velhice. Os "restos" desse metabolismo do gene circulando pelo sangue desencadeiam o processo inflamatório que leva a doenças cardiovasculares e outras doenças. Ao injetarem essas substâncias em ratos, os pesquisadores verificaram o surgimento de inflamações sistêmicas, aumento da pressão arterial e estragos nos rins, dentre outras consequências.

Curiosamente, os componentes da cafeína bloqueiam a ação dos ácidos nucleicos. A própria estrutura da cafeína é semelhante à estrutura deles. Assim, o consumo de cafeína reverteria a tendência natural do corpo a inflamações e desenvolvimento de doenças.
O estudo

Para avaliar a associação entre cafeína, inflamação e longevidade, os pesquisadores realizaram análises de amostras de sangue, dados de relatórios médicos e históricos familiares de mais de 100 participantes. Foram vários anos de estudo. Foi revelada, assim, a existência do mecanismo inflamatório associado com o envelhecimento humano em doenças crônicas.

Também foi possível notar que nem todas as pessoas mais velhas eram acometidas pelo processo inflamatório. Para quem não gosta do sabor amargo, chá preto e chocolate escuro contêm compostos semelhantes à cafeína, dizem os pesquisadores.

Fonte: Notícias Uol