Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788 5932

sábado, 25 de fevereiro de 2017

Dedé está sem dinheiro e recebe ajuda para pagar plano de saúde



Dedé Santana, de 81 anos, está passando por uma situação nada agradável. O humorista está praticamente falido financeiramente.

Segundo informações do colunista Leo Dias, a situação de Dedé Santana é realmente grave. O humorista não tem dinheiro e não está conseguindo faturar nada, já que não está envolvido em nenhuma atividade que lhe gere renda.

O ex-'Trapalhão' está, basicamente, tendo que contar com a boa vontade de parentes, amigos e admiradores, para que o mesmo consiga se manter, apesar das dificuldades.

Ainda segundo o colunista, a situação do humorista é tão crítica que o mesmo não tem nem condições de pagar o seu próprio plano de saúde. Entre os amigos que ajudam o ex-global, está o ex-companheiro dos Trapalhões Didi (Renato Aragão).





Fonte Noticias ao Minuto

Carnaval 2017: Operação nas rodovias do Estado fiscaliza motoristas durante feriado

carnaval
No início da noite dessa sexta-feira, o tráfego de veículos aumentou nas saídas de Fortaleza, assim como em regiões interioranas ( Foto: Kléber A. Gonçalves )
 

Com o início do Carnaval, os órgãos de trânsito do estado iniciaram, na manhã dessa sexta-feira (24), a Operação Carnaval 2017. O objetivo da ação é diminuir o número de acidentes, feridos e mortos durante os quatro dias de festa, quando ocorre um aumento na quantidade de veículos nas estradas. Polícia Rodoviária Federal (PRF), Polícia Rodoviária Estadual (PRE) e Departamento Estadual de Trânsito (Detran) estarão de plantão até meia noite da Quarta-feira de cinzas (01). Todas as regiões do Estado serão fiscalizadas, principalmente as áreas litorâneas, serrana, jaguaribana e Cariri. Osórgãos informam que as CEs apresentam melhores condições de tráfego e que as BRs pedem maior atenção.

A ação começou nesta sexta-feira com um reforço na fiscalização nos pontos de saída de Fortaleza, especialmente nas CE-040 (Aquiraz), CE-060 (Maracanaú) e CE-090 e CE-085 (Caucaia). Nesse primeiro momento, os 450 agentes da PRF, assim como os 750 do Detran e da PRE, querem prevenir as infrações de começo de viagem, como habilitação vencida, documentos irregulares, luzes queimadas e o principal, o alcoolismo. Para isso, todas as viaturas de plantão estarão equipadas com etilômetro (bafômetro). Com essas ações, os órgãos de trânsito esperam reduzir o número de acidentes nas estradas.

A PRF informa que vai priorizar ações preventivas para a redução de acidentes fatais. Infrações como excesso de velocidade, alcoolemia ao volante, ultrapassagens indevidas e não uso da cadeira para transporte de crianças continuam sendo as principais causas de acidentes fatais. Ocorrências envolvendo motocicletas ou ciclomotores também entram para esta lista.

Parcial

De acordo com a PRF, no início da noite de sexta-feira (24), o tráfego aumentou nas saídas de Fortaleza, assim como em regiões interioranas. Na BR-020, nas proximidades da rotatória da Ceasa, um congestionamento se formou devido às obras no anel viário. Chegando em Canindé, o trânsito fluía normalmente na BR, apesar do aumento do número de veículos, que reduziu em Boa Viagem. Nas proximidades de Aracati, a BR-304 estava com fluxo intenso no entroncamento com a CE-040. A BR-116 teve um movimento normal e dentro do esperado. Três pessoas foram presas por dirigir alcoolizadas.

Cuidados

Para quem já é cuidadoso no trânsito, o ideal é estar com atenção redobrada nas rodovias, principalmente nos trechos urbanos, onde existe um maior fluxo de carros e pedestres. A sinalização deve ser respeitadas sempre. Caso esteja prejudicada, ou na falta dela, a sugestão é manter uma velocidade compatível com as condições da estrada. Em caso de chuva nunca pare sobre a via. Reduza a velocidade, ligue os faróis e mantenha distância dos outros veículos.

As ultrapassagens devem ser sempre feitas pela esquerda e apenas em trechos permitidos. Cuidado com ônibus e caminhões pois, por serem veículos grandes e pesados, é necessário ter certeza de que há espaço suficiente para realizar uma ultrapassagem segura.




Fonte Diário do Nordeste