Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788 5932

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

Mulher e amarrada em cama e tem casa incendiada no município de Taua


Uma mulher de 27 anos foi amarrada em uma cama, amordaçada e teve a casa incendiada em Tauá, a 344 quilômetros de Fortaleza, na manhã desta terça-feira (7). A casa da vítima foi destruída pelo fogo. De acordo com a Polícia Civil, a vítima morava sozinha e foi salva por um vizinho que invadiu a residência após perceber fumaça saindo do telhado. Ao entrar no local, o homem encontrou a jovem desmaiada em cima de uma cama, com os braços e pés amarrados, e a boca obstruída por uma mordaça. Conforme a polícia, apesar de a casa ter sido atingida pelo fogo, a jovem não sofreu queimaduras e foi socorrida por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para o Hospital Doutor Alberto Feitosa. Segundo informações do Hospital, a jovem foi atendida, medicada e não quis ficar na observação da unidade de saúde. A polícia esteve no hospital para ouvir a mulher não quis prestar depoimento. De acordo com a polícia civil de Tauá, estão sendo realizadas investigações para tentar identificar o responsável pela tentativa de homicídio. A vítima não quis passar nenhuma informação para a polícia.

Policiais militares fazem doação a família do colega de farda assassinado por bandidos. Filha do PM precisa de ajuda

Doa PM
Viúva do PM Arlindo recebeu a doação das mãos dos coronéis Viana (Comandante-Geral) e Ronaldo (BPRE)
Policiais militares do Batalhão de Policiamento Rodoviário Estadual (BPRE), representados pelo tenente-coronel PM Ronaldo Lima, comandante do batalhão, entregaram, na tarde de segunda-feira (6), no Quartel do Comando Geral (QCG), em Fortaleza, doações arrecadadas pelos militares do BPRE para a família do cabo PM Francisco Arlindo Vieira da Silva Filho, 35 anos, assassinado no último dia 27 de janeiro.
A ação foi acompanhada pelo coronel-comandante-geral da Corporação, Ronaldo Viana, que enfatizou o apoio do Comando e da tropa à família de Arlindo. “Adotamos Ana Sara como nossa afilhada e daremos todo suporte necessário”, afirmou Viana se referindo a filha do militar morto por bandidos.
Os policiais compraram fraldas, leite em pó, além de doarem uma quantia em dinheiro. Para Ingrid Gurgel, esposa do cabo Arlindo, o apoio da tropa tem sido fundamental para amenizar a dor da perda do companheiro. “Estou impressionada com o carinho e força que a tropa está dando a mim e minha família, é isso que tem me confortado”, disse.
A alimentação para doação precisa ser comprada em uma loja que tenha a substância especial para pessoas com Alergia à Proteína de Leite de Vaca (APLV). O leite é o Pregomin, complemento Neospon, sabonete e hidratante (Fisogel) e repelente (Exposis).
O crime
Na tarde do último dia 27 de janeiro, o cabo Arlindo estava de folga e ao se aproximar de uma padaria localizada na Rua Curitiba, no bairro Henrique Jorge, percebeu que bandidos iriam assaltar o local e fazer reféns vários cidadãos. Ele, então, tentou impedir a ação dos delinqüentes e acabou sendo morto com vários tiros. No dia seguinte, a Polícia prendeu os acusados na Prainha, no Município de Aquiraz, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF).
Doações
Quem desejar doar qualquer quantia para ajudar na alimentação e tratamento da criança, filha do policial milita, a conta é no Banco Bradesco: Agência – 610, conta poupança - 1001142-6. Francisco de Assis Carvalho Gurgel. A conta está no nome do pai da esposa do PM.
blogdofernandoribeiro.com.br//cn