Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788 5932

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Leilão do Detran tem Citroën C4 por R$ 3 mil e L200 Triton por R$ 10 mil

Cada lote já é ofertado com o valor mínimo do lance inicial (FOTO: Divulgação)


Começa a partir desta quarta-feira (15), o primeiro leilão de 2017 do Departamento Estadual de Trânsito (Detran). Serão ofertados 959 lotes de veículos, entre carros e motos em condições de uso, com documento de transferência e DUT, e sucatas, veículos destinados a desmontagem. A hasta acontece até este sábado (18) e será realizado no pátio da Montenegro Leilões, na Rua Ademar Paula, 1.000, Esplanada do Castelão, com inicio às 10h e o término só após o arremate do ultimo lote ofertado no dia. 
 
Dos 959 lotes, são 603 de motocicletas 46 de carros. Todos esses veículos podem voltar a circular, após o Detran eliminar as pendências dos anos anteriores, como multas, licenciamento e IPVA. Os 310 lotes restantes são formados por sucatas de motocicletas e carros. Cada lote já é ofertado com o valor mínimo do lance inicial. As motocicletas partem de R$ 400 e podem chegar até R$ 4 mil, com os modelos XRE 300 e NXR160 BROS ESDD, ambas da Honda. Nos carros, os valores partem de R$ 3 mil, em carros como Golf, Celta, C4 e Siena. O veículo mais caro do leilão é uma Mitsubishi L200 Triton, com lance inicial de R$ 10 mil.
 
Quem estiver interessado basta comparecer ao local e apresentar lance. Ao arrematar um veículo, o comprador deve pagar 25% de entrada em cheque ou dinheiro, na hora, e o restante em três dias. No primeiro dia serão os lotes de sucatas de motocicletas, nos dias 16 e 17 serão as motos em condições de uso. No último dia, sábado, as sucatas de carro e os automóveis que podem voltar a circular serão leiloados. Segundo a assessoria de comunicação do órgão, cerca de 90% dos automóveis em condição de uso foram apreendidos por circular em via pública irregularmente.
 
Qualquer pessoa, física ou jurídica, pode dar lances nos lotes de veículos em condições de voltar a circulação. Entretanto, apenas pessoas jurídicas podem participar nos lotes de sucatas. Essas empresas devem ainda estar devidamente cadastradas no setor de leilões, na sede do Detran.
 
Lance inicial de algumas motocicletas

R$ 1.100,00, lote nº 259 e 285 – Honda/CG 125 FAN KS – 2011/2011;
R$ 2.500,00, lote nº 294 – HondaA/CG150 FAN ESDI – 2013/2014;
R$ 500,00, lote nº 326 – Honda Biz 125 ES – 2009/2010,
R$ 3.000,00, lote nº 536 – Honda/CB 300R – 2010/2010.
 
Lance inicial de alguns dos carros

R$ 5.000,00, lote nº 919 – Fiat/Siena ELX FLEX – 2007/2007;
R$ 7.500,00, lote nº 927 – GM/Vectra Sedan Elite – 2009/2010
R$ 8.000,00, lote nº 955 – Hyunday i30 2.0 – 2009/2010.

Fonte: Diário do Nordeste

Chove em 41 dos 184 municípios do Ceará nesta terça-feira, diz Funceme


Chuva muda a paisagem na região do Açude Nação, em Itapipoca (Foto: Flávio Teixeira/Arquivo Pessoal)
Chuva muda a paisagem na região do Açude Nação, em Itapipoca (Foto: Flávio Teixeira/Arquivo Pessoal)

 
Choveu em 41 dos 184 municípios até as 15h desta terça-feira (14), de acordo com a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme). As 10 maiores chuvas ocorreram nos municípios de Russas (58.6 mm ), Jaguaruana (50.0 mm), Quixeré (39.8 mm), Granja (39.0 mm), Graça (35.0 mm), São Benedito (30.4 mm), Quixeré (28.2 mm), Meruoca (26.0 mm) e Russas (24.0 mm).

A previsão da Funceme para a quarta-feira (15) é de nebulosidade variável com possibilidade de chuvas isoladas em todas as regiões cearenses ao longo do dia. Na quinta-feira (16), o sol deve voltar a brilhar com pouca chance de ocorrer precipitação: apenas 27% de probabilidade.

Na sexta-feira (17) e no sábado (18), a probabilidade de chuva volta a ser de 80%, e as temperaturas têm uma leve queda, ficando do entre 24º e 31º, a mínima e a máxima, respectivamente.

De acordo com os meteorologistas, o principal indutor de chuva no Ceará durante a quadra-chuvosa (fevereiro, março, abril e maio) é o sistema meteorológico chamado zona de convergência intertropical (ZCIT). Em 2017, a ZCIT já se aproximou do estado, não agindo diretamente, mas influenciando em algumas precipitações registradas em janeiro.

Pré-estação
A pré-estação de chuvas no Ceará – período compreendido entre os meses de dezembro e janeiro – ficou 21,6% abaixo da média. Nesse período se dão os primeiros registros de chuvas no Estado depois da estação seca, que ocorre de agosto a novembro. A chuva acumulada nos meses de dezembro de 2016 e janeiro de 2017 no Ceará foi de 102,1mm, enquanto a média histórica do período é de 130,3mm




Fonte G1 Ceará