Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788

sábado, 5 de maio de 2018

Correios decidem fechar 513 agências e demitir 5.300 funcionários

Nos próximos meses, a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) deve fechar 513 agências próprias e demitir em torno de 5.300 funcionários. A decisão foi tomada em fevereiro durante uma reunião da diretoria. Desde então, a medida é mantida em sigilo pela empresa, e os participantes da reunião ainda precisaram assinar um termo de confidencialidade, o que não é comum. A informação é da Agência Estado.

O que chama atenção é o fato de agências com alto faturamento estarem nessa na lista de corte, como é o caso de agências de Minas Gerais, que das 20 mais rentáveis do estado, 14 serão fechadas. Os clientes afetados poderão ser atendidos por franquias que estão espalhadas pela região.

Já no estado de São Paulo, 167 agências sertão fechadas, 90 na capital e 77 no interior. Essa decisão gera controvérsia entre os funcionários dos Correios. A decisão de fechar esse número de agências foi questionada durante a reunião da diretoria, que não tinha em anexo a relação das demais agências. Existe uma desconfiança de que essa decisão foi estabelecida para beneficiar os franqueados.

Os correios

Segundo o ex-presidente dos Correios, Guilherme Campos, a justificativa para esse número expressivo de agências fechadas é o fato de que uma é próxima da outra, e de que são administradas por agentes privados. Com isso, o número demissões poderá ser muito maior, dependendo da capacidade financeira da empresa que deverá indenizar os funcionários afetados.

Após reeducação alimentar, Marília Mendonça surpreende fãs com mudança radical

Em processo de reeducação alimentar, a cantora Marília Mendonça realizou o sonho de ter cabelos curtos após atingir meta de peso, o número, entretanto, não foi revelado. Acostumada a exibir longos e volumosos cabelos, a sertaneja cortou os fios na altura dos ombros.

"Tinha estipulado uma meta comigo mesma, de que quando chegasse num ponto da reeducação alimentar, ia realizar meu sonho de ter cabelo curto", escreveu a artista na legenda de uma sequência de quatro fotos publicadas em seu Instagram nesta sexta (4).

A sertaneja também clareou os fios e deu detalhes do modelo de corte escolhido. "Queria voltar a ser loira também e fazer um corte bem leve, com movimento", disse. "Partiu nova fase... Leve em todos os sentidos!", completou.

Nos comentários, fãs elogiaram a mudança. "Gente, nem reconheci. Tá muitooooo linda"; "Estás um arraso! Que linda!"; e "Ficou ainda mais maravilhosa" foram alguns dos recados deixados por seguidores.

Muitos internautas também se mostraram incentivados com a mudança no corpo, agora mais magro. "Me ensina a ter coragem como você, tanto pelo cabelo, quanto pela dieta", disse um internauta. "Você tem sido minha inspiração diária para a reeducação alimentar. Sempre fui sua fã, agora, além de curtir as músicas, tenho me inspirado para perder peso também", escreveu outra.

Festival em São Paulo

Neste sábado (5), Marília se apresenta na primeira edição do Skuta Festival, que acontece no Allianz Parque, em São Paulo.

Além da "rainha da sofrência", como Marília é conhecida, cantam no festival outros pesos-pesados do sertanejo como Gustavo Lima, Henrique & Juliano, Maiara & Maraisa e Marcos & Belutti. Também ganham espaço o forró, com Wesley Safadão, a música eletrônica, com os DJs Dennis e Vintage Culture, e o axé, com o cantor Léo Santana.