Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788 5932

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

Quadrilha armada com fuzis explode dois bancos em Missão Velha nesta sexta-feira

Cotar
Policiais do Cotar já estão na cidade de Missão Velha na caça aos criminosos
Moradores do Município Missão Velha, no Sul do Estado (a 521Km de Fortaleza), passaram por uma madrugada de terror nesta sexta-feira (3), quando uma quadrilha fortemente armada invadiu  a cidade e atacou duas agências bancárias de forma simultânea, explodindo cofres e caixas eletrônicos. O grupo ainda disparou tiros contra a sede do destacamento da Polícia Militar e fugiu levando o dinheiro que havia nos dois bancos.
A ação criminosa teria ocorrido por volta de 2 horas, quando os criminosos apareceram em Missão velha em vários veículos e se dividiram em três grupos. Um deles se encarregou de cercar e atirar contra a Polícia. Os outros foram para as agências do Banco do Brasil e do Bradesco. Ali, houve explosões dos equipamentos onde estava depositado o dinheiro.
Tiroteio
Para a fuga, os bandidos seqüestraram dois cidadãos, que foram levados como reféns na condição de “escudo humano” e, assim impedir a aproximação da Polícia. Logo em seguida, a quadrilha seguiu por uma estrada em direção à localidade de Jamacaru, na zona rural. 
Dois caminhões foram roubados pelo bando e colocados atravessados nas duas vias de acesso a Missão Velha, impedindo a passagem de viaturas da PM. Ainda em jamacaru, houve uma troca de tiros dos bandidos com patrulhas do Comando Tático Rural (Cotar), do Batalhão de Divisas e equipes das cidades próximas.  Um dos carros foi abandonado pelos assaltantes.
Armas
A Polícia Militar informou que agora há pouco os bandidos voltaram a trocar tiros com os policiais numa estrada em direção ao Município de Jardim. O bando se embrenhou num matagal e as autoridades fazem um cerco com o apoio de um helicóptero da Ciopaer.
A PM informou também que no matagal por onde os bandidos escaparam foram encontradas quatro armas, sendo dois fuzis, uma escopeta de calibre 12 e uma pistola, além de parte do dinheiro roubado das agências bancárias de Missão Velha.
Este foi o quarto ataque a bancos no Interior com tiroteio e explosões neste ano. Além de Missão Velha, houve assaltos ao estilo “Novo Cangaço” nas cidades de ///blogdofernandoribeiro.com.br

Mês de janeiro registrou 347 assassinatos, com 120 homicídios em Fortaleza

Conjunto CE 2
No Conjunto Ceará: vários homicídios em janeiro. Em um deles, o cadáver foi jogado no canal
O mês de janeiro de 2017 terminou com números trágicos para a Segurança Pública do Ceará. Em apenas 31 dias, nada menos, que 347 pessoas foram assassinadas em todo o estado, numa média de 11 homicídios por dia.  Somente em Fortaleza, foram registrados 120 casos de Crimes Violentos, Letais e Intencionais, que compreendem  homicídios, latrocínios (roubos seguidos de morte) e lesões corporais seguidas de morte.
Além dos 120 casos registrados na Capital, foram contabilizados mais 89 assassinatos nos  municípios que compõem a Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), 43 no Interior Norte e mais 95 no Interior Sul. Na RMF, o Município de Maracanaú foi o mais violento, com 23 casos de assassinatos, seguido de Caucaia com 19 e Aquiraz, com 10.  No somatório, a Grande Fortaleza (Capital mais RMF)  registrou 209 homicídios.
Números
Das 347 vítimas dos assassinatos, 337 eram do sexo masculino e outras 10 do sexo feminino. Também em janeiro, 32 adolescentes foram mortos no Ceará, numa média de um à cada dia.  Além disso, 19 pessoas foram mortas por intervenção policial, isto é, tombaram em troca de tiros com a Polícia.
Entre as vítimas, estão também 14 pessoas mortas em casos de latrocínios (roubos seguidos de morte), nos seguintes Municípios: Fortaleza (5 casos, nos bairros Centro, Mondubim, José Walter, São Gerardo e Henrique Jorge), Horizonte (2 casos), Caucaia, Maracanaú, Ocara, Potengi, Santana do Acaraú, Barreira e Icó.
Policiais mortos
Dois policiais foram mortos em janeiro no Ceará. No dia 13, o sargento reformado da PM, José Figueiredo Dantas, 60 anos, foi assassinado, a tiros, no Município de Milagres (a 494Km de Fortaleza), em meio a duplo homicídio que teve como segunda vítima o jovem Diego Augusto Dantas, sobrinho do militar.
Já no último dia 27, o cabo da Ativa da PM, Francisco Arlindo da Silva Vieira Filho foi morto numa tentativa de assalto no bairro Henrique Jorge, em Fortaleza. /////blogdofernandoribeiro.com.br