Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788 5932

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

Homicídio na Vila Pau em pé no Crato


Por volta das 20h20min a composição da RD 1233, estava fazendo policiamento ostensivo quando acionados via CIOPS para uma ocorrência de disparo de arma de fogo na Rua Hermes Paraíba, S/N, Vila Pau em Pé, chegando ao local havia uma pessoa ao solo provavelmente em óbito, confirmado pelo SAMU que compareceu ao local, uma pessoa conhecido como FRANCISCO TORQUATO PINHEIRO DA SILVA, carroceiro residente na Rua Santo Antônio, Novo Horizonte, a sua esposa RAFAELA FERREIRA BATISTA que presenciou o assassinato disse que trafegava junto com seu marido em uma moto, quando foram surpreendidos por dois indivíduos que saíram do matagal e efetuaram 05 DISPAROS contra seu companheiro, sendo 03 NA CABEÇA, 01 NO ABDOMEM, 01 NO OMBRO, mesmo ele estando com ela e o filho, informou ainda que os acusados moram na Vila próximo a sua casa. Blog do Gesso

Em apenas 48 dias do ano, Ceará já registrou 429 assassinatos


Chacina 10
Somente nos primeiros sete dias de fevereiro, 82 pessoas foram assassinadas no Ceará


O Ceará começou 2017 com números trágicos e de guerra na Segurança Pública. Entre os dias 1º de janeiro e 7 de fevereiro (38 dias), nada menos, que 429 pessoas foram assassinadas em todo o estado, uma média de 11,2 homicídios/dia.

Na manhã desta quarta-feira (8), o novo secretário da Segurança, delegado federal André Costa, participa pela primeira vez da reunião seguida de coletiva de Imprensa em que revelará a taxa de homicídios do mês passado.

No mês de janeiro, ao menos, 347 pessoas foram mortas no Estado do Ceará, sendo 120 somente em Fortaleza, outras 89 na Região Metropolitana (RMF), outras 43 no Interior Norte e mais 95 no Interior Sul. O que representou uma média de 11 homicídios/dia.

Já neste mês de fevereiro, entre os dias 1º e 7, foram contabilizados, ao menos, 82 Crimes Violentos, Letais e Intencionais (CVLIs), que incluem os homicídios, latrocínios (roubos seguidos de morte) e os casos de lesão corporal que resultam em óbito.

Em sete dias de fevereiro, foram registrados 25 homicídios e latrocínios em Fortaleza, 21 nos Municípios que compõem a RMF, mais 16 no Interior Norte e 20 no Interior Sul.

Latrocínios e linchamentos

Entre a enxurrada de mortes violentas no Ceará, um fato tem se tornado, cada dia, mais preocupante: o aumento dos casos de latrocínio, isto é, cidadãos que são mortos em meio a assaltos nas ruas. No mês passado, 14 crimes do tipo ocorreram no estado, numa média de um caso à cada 48 horas (dois dias). Neste mês de fevereiro que mal começou, já foram registrados dois casos na Região Metropolitana.

Também preocupa as autoridades os casos de linchamentos, bandidos que estão sendo mortos nas ruas pela própria população, cansada de ser assaltada. Somente em sete dias de fevereiro, já são quatro casos.

No fim de semana, um bandido foi espancado até a morte por moradores do bairro São João do Tauape, em Fortaleza. Já na cidade de Bela Cruz (a 220Km de Fortaleza), dois homens que haviam praticado um assalto foram perseguidos e mortos pela população na última segunda-feira (6). E na noite de terça-feira (7), o mesmo aconteceu na cidade de Pacajus. 



Fonte Blog do Fernando Ribeiro