Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788 5932

domingo, 5 de fevereiro de 2017

Eunício Oliveira garante que Reforma Trabalhista não irá tirar direitos dos trabalhadores


Acompanhe trechos da entrevista do presidente do Senado Federal ao jornal O Globo deste domingo (5).
Em entrevista ao O Globo deste domingo (5), o presidente do Senado Federal, Eunício Oliveira (PMDB-CE), comentou a urgência das reformas Trabalhista e Previdênciária, em tramitação no Congresso. O cearense garantiu que as mudanças não irão tirar direitos dos trabalhadores, e defendeu um maior debate para discutir as ideias propostas.

Acompanhe abaixo trechos da entrevista.

Qual a urgência das reformas Trabalhista e Previdenciária?

Precisamos fazer uma reforma que dê consistência à Previdência, para que ela deixe de ser este peso nas costas dos brasileiros e passe a ter equilíbrio. Isso não significa tirar direitos dos trabalhadores, mas temos que fazer o debate, discutir estas questões. Quanto à Trabalhista, também não é para tirar direitos ou para criar problemas, é para buscar soluções negociadas com as partes.

O governo quer aprovar a Reforma da Previdência no Congresso até junho. Não é otimista?

O tema é polêmico, mas quando a gente se dedica a fazer as coisas, o dia dura uma semana, uma semana vira um mês, um mês vale um ano. A gente tem que debater, mas se dar um limite. Vamos fazer todo esforço para que as reformas sejam feitas no calendário mais curto possível.

A base aliada já está se mobilizando para mudar a idade mínima de 65 anos e o fim da integralidade das pensões. Que reforma vai sair do Congresso?

O governo sabe que tudo que entra no Congresso não sai como entrou. O governo tem seus cálculos e deve ter alguma margem para, obviamente, negociar. Será um debate intenso. A idade mínima é para quem vai se aposentar. Eu tenho quase 65 anos e me sinto em plena capacidade de trabalho. Nós fizemos a extensão dos tribunais superiores de 70 para 75 anos por causa da expectativa de vida. Minha opinião é que o maior debate será na regra de transição.

Entenda por que algumas mulheres se sentem tristes após o sexo e até choram

Foto: Reprodução / Internet
O fato pode assustar por ser espontâneo e até mesmo incompreensível
Os momentos após o orgasmo normalmente são de satisfação, relaxamento e aproximação com o parceiro. No entanto, não é raro algumas mulheres sentirem tristeza, uma espécie de depressão e até mesmo chorarem depois do sexo. O fato pode assustar por ser espontâneo e até mesmo incompreensível.

O que significa tristeza depois do sexo

Muitas mulheres relacionam o sentimento ruim a uma descarga hormonal, típica das relações sexuais, mas a condição não explicaria a tristeza, já que, na maioria dos casos, o mesmo não ocorre durante a masturbação. A relação com o outro, portanto, precisa ser levada em conta.

Sentir tristeza, arrependimento ou mesmo chorar após o sexo normalmente tem ligação com algo não descoberto ou trabalhado no subconsciente da mulher. A emoção pode ser por conta de finalmente ter conseguido chegar ao orgasmo, algo que, apesar de positivo, pode mexer com o sentimento da pessoa.

sexo casal triste
Foto: Reprodução / Internet

O sentimento ruim ainda pode esconder algum tipo de trauma ocorrido em um abuso ignorado, além de culpa gerada pela ideia de que o prazer sexual não seria algo aceitável do ponto de vista religioso, tabus ou por uma criação muito rígida.

Se o fato ocorre com frequência e atrapalha a vida íntima, a mulher deve procurar um profissional para tentar esclarecer e compreender melhor as emoções. Sessões de terapia podem ser importantes para identificação da causa e tratamento adequado ao problema.

Vix.com