Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788 5932

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

Avião com senador Aécio Neves faz pouso de emergência


O avião em que estava o senador Aécio Neves (PSDB) precisou fazer um pouso de emergência no aeroporto internacional de Guarulhos na noite de quinta-feira (9), informou sua assessoria de imprensa. 

Já era noite quando a aeronave, um táxi aéreo fretado pelo PSDB, saiu de Brasília com destino a São Paulo. Os pilotos, percebendo que um pedaço do pneu havia ficado na pista, teriam solicitado autorização para pousar em Cumbica, ao invés de Congonhas, por ter uma pista maior. Ao aterrissar, no entanto, o trem de pouso teria se quebrado, vindo o avião a sair da pista.
Apenas Aécio e a tripulação estavam a bordo. Segundo a assessoria, nem ele nem os pilotos se feriram.

O senador veio para São Paulo porque tem reunião agendada com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso na manhã desta sexta (10). Apesar do incidente, o encontro foi mantido.
 



Fonte UOL

Eunício Oliveira avança na discussão da PEC da Vaquejada



Durante a sessão do Plenário desta quinta-feira (9), o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), avançou no debate da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 50/2016, que inclui a vaquejada como patrimônio cultural brasileiro. Após conceder a palavra para quem quisesse discutir, pautou a matéria como o primeiro item entre as votações da sessão do Plenário da próxima terça-feira (14).

A PEC 50/2016 acrescenta o § 7º ao art. 225 da Constituição Federal para permitir a realização de manifestações culturais que não atentem contra o bem-estar dos animais.

Comissões permanentes

Durante a sessão desta quinta-feira, os senadores também decidiram remeter à análise de comissões técnicas os Projetos de Lei da Câmara (PLC) 127/2013, que torna obrigatória a utilização de mecanismo de rastreamento de carga durante o transporte de materiais nucleares e radioativos; e o PLC 107/2014, que torna obrigatório o uso de temporizador em semáforos com detectores de avanço de sinal nas cidades com mais de 200 mil habitantes. O PLC 127/2013 foi encaminhado para apreciação da Comissão de Meio Ambiente, Defesa do Consumidor, Fiscalização e Controle (CMA) e o PLC 107 seguiu para a Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo (CDR). 

Projeto das Telecomunicações

Ainda durante a sessão do Plenário, Eunício Oliveira anunciou que retornou ao Senado, na noite de quarta-feira (8), o Projeto de Lei da Câmara (PLC) 79/2016, que trata do Marco Regulatório das Telecomunicações.

O presidente do Senado disse que vai reunir a Mesa Diretora para discutir o assunto antes de trazer qualquer questão para o Plenário, tendo em vista a liminar do ministro Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal. Foi o magistrado que determinou, liminarmente, a devolução do PLC 79/2016, que havia sido enviado à sanção presidencial.

“Eu só quero comunicar à Casa que foi devolvido o projeto, mas que não tomarei nenhuma providência hoje, antes de ver com a Procuradoria da Casa qual o procedimento regimental que esta Mesa tem que tomar. Há um procedimento, ainda, de pendência em relação à liminar; pois não houve ainda julgamento pelo Supremo Tribunal Federal”, ponderou Eunício.







Fonte Senado Federal