Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788

terça-feira, 1 de maio de 2018

Violência: Ceará registra 137 mulheres assassinadas em 2018


Subiu para 137 o número de mulheres assassinadas no Ceará em 2018. Somente no fim de semana, mais quatro crimes do gênero foram registrados pelas autoridades policiais, sendo dois casos em Fortaleza e outros dois na Região Metropolitana.

Um dos crimes ocorreu na zona Leste de Fortaleza. Uma jovem de 25 anos foi assassinada a tiros na presença de familiares. Francisca Élita Ribeiro de Souza estava sentada na porta de casa com o filho de 5 anos no colo. De repente dois homens apareceram em uma motocicleta já com armas em punho. Um deles mandou a vítima entregar o filho à prima, que estava ao lado. Em seguida, efetuaram os disparos à queima-roupa na cabeça e nas costas.

Outro homicídio aconteceu na madrugada de domingo (29), na periferia da cidade de Pacajus. A vítima foi executada com vários tiros.

Somente neste mês de abril, 33 mulheres foram mortas no Ceará. Uma parte dos casos, as vítimas tinham envolvimento com facções e tráfico de drogas.

PGR denuncia ao STF Lula, Palocci, Gleisi e Paulo Bernardo por corrupção

Raquel Dodge acaba de enviar para o Supremo mais uma denúncia contra Lula, Antonio Palocci, Gleisi Hofmann e o marido dela, Paulo Bernardo.

Nesta peça, baseada na delação da Odebrecht, eles são acusados de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

A PGR sustenta que em 2010 a construtora acertou com o PT o pagamento de 40 milhões de reais em troca de vantagens durante o período em que o partido estivesse dando as ordens no Palácio do Planalto.

Também foram denunciados Leones Dall Adnol, chefe de gabinete de Gleisi, e Marcelo Odebrecht.

Mãe e filha são mortas com 32 tiros dentro de casa; assista


Elas estavam em casa quando Laura ouviu alguém pulando o muro. 
Ela ligou para uma amiga que orientou que ela ligasse pra polícia. 
O criminoso conseguiu arrombar a porta e entrar. Ele atirou 32 vezes. 
Um ex-namorado de Laura, que já tem envolvimento com o crime, chegou a ser investigado, mas a polícia não encontrou nada contra ele.