Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788 5932

quarta-feira, 5 de abril de 2017

Ousadia: Homem anuncia assalto diante de 3 viaturas da PM: “pensei que fosse brincadeira”, diz major

Homem aparentava estar sob efeito de drogas (FOTO: Reprodução/TV Jangadeiro)


Um homem foi baleado na coxa em uma tentativa de assalto em frente a um hospital na Avenida Aguanambi, no Bairro de Fátima, em Fortaleza. O caso aconteceu na madrugada desta quarta-feira (5).

Segundo policiais que atenderam a ocorrência, ele ainda tentou tornar refém uma comerciante de rua e, depois, uma enfermeira, portando uma chave de fenda e uma faca. Foi quando foi atingido pelo agentes.

A ação chamou a atenção dos policiais pela audácia. Três viaturas estavam no local e flagraram a tentativa de assalto. “Nunca tinha visto isso na minha vida. Ele anunciou um assalto na frente da gente. Pensei que fosse uma brincadeira”, disse o major Hideraldo Bellini, comandante da 3ª Companhia do 8º Batalhão da Polícia Militar (3ª CIA/8º BPM). Os policiais foram acionados por causa de uma briga entre um homem e seguranças do hospital.

O homem foi identificado como Gilson Sousa Machado, de 24 anos. Ele foi atendido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e depois encaminhado ao Instituto Dr. José Frota (IJF). Os policiais notaram sinais que indicavam que ele estava sob efeito de drogas.

Com Gilvan, a Polícia Militar encontrou uma mochila com vários objetos, que se acredita terem sido frutos de crimes. Também foram apreendidas pedras de crack. Gilvan afirmou ser inocente à reportagem do programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro. Ele disse ser natural do Piauí e que pegaria um ônibus para ir a São Paulo.
 


Fonte Tribuna do Ceará

Habilitação: Categoria A será dividida de acordo com cilindradas da moto


Foto: Agência Diário
Foto: Agência Diário
A Comissão de Viação e Transportes aprovou o projeto de lei, do Deputado Federal Ronaldo Fonseca (Pros-DF), que classifica a carteira de habilitação dos motoristas de acordo com a cilindrada da moto. Foram realizados alguns ajustes no texto original, entre elas, a garantia de que os motociclistas que já possuem a habilitação ou estão em processo não sejam afetados quando a lei entrar em vigor. 

De acordo com a nova classificação, a categoria A, que pertence aos motociclistas, será dividida em três subcategorias: A1, para condutores de ciclomotores (veículos motorizados com duas ou três rodas); A2, para condutores de motos com até 300 cilindradas; e A3, para condutores de motos com até 700 cilindradas. Independente da subcategoria que o motociclista esteja inserido, ele deverá realizar concluir o curso de direção em circuito fechado, anterior à prova prática em via pública. 

Agora, caberá ao Conselho Nacional de Trânsito (Contran) regulamentar a lei e definir os exames que serão feitos em cada subcategoria.
 
  

Fonte Rádio Verdes Mares