Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788 5932

segunda-feira, 3 de abril de 2017

Paulo Henrique Amorim diz que a Globo quer tirar Record, SBT do ar


(Foto: Reprodução/Notícias ao Minuto)


Parece que o jornalista Paulo Henrique Amorim não vai desistir de atacar a Globo. Agora, o jornalista acusa sua antiga emissora de tentar ´derrubar´ a Record, o SBT e a RedeTV!.

Na última semana, a Simba empresa que representa a Record, SBT e RedeTV!, reivindica o pagamento pelas operadoras de seus sinais em HD na TV fechada. Porém, sem acordo as emissoras perderam seu sinal.

Por outro lado, as operadoras de TV paga justificam que também estão passando dificuldades financeiras e não poderiam aceitar o pedido das emissoras.

Porém, Paulo Henrique Amorim diz que a situação é diferente e quem estaria mais interessada na não negociação entre as operadoras e as emissoras é a Globo. Para ele, o canal carioca não estaria conseguindo obter lucros com apenas a publicidade dos seus programas.

Segundo o apresentador da Record, para reverter a situação, a Globo funcionaria como uma espécie de banco, recebendo dinheiro dessas empresas, aplicando juros. Dessa forma, a emissora carioca teria como pagar suas despesas, mas faria com que as empresas da TV Fechada não tivessem dinheiro para remunerar a Simba, tendo em vista que a maior audiência entre os canais abertos brasileiros e a maior participação publicitária do mercado é do canal carioca.
noticiasaominuto

Boris Casoy faz revelação surpreendente sobre sua saída da Record


O jornalista falou sobre sua saída da Record, na qual comandou por 8 anos o “Jornal da Record” até 2005 (Foto: Divulgação)

O jornalista Boris Casoy participou de um bate-papo no “Pingue-Pongue com Bonfá”, do canal de Marcelo Bonfá no YouTube. Durante a entrevista, um dos âncoras mais antigos da TV brasileira falou sobre sua saída da Record, na qual comandou por 8 anos o “Jornal da Record” até 2005.

´Eles me disseram que gostariam de mudar o telejornal. O bispo Crivella me ligou um dia e disse: “Estive hoje com o ministro José Dirceu e ele me disse que só no jornal de ontem você fez cinco ataques a ele’. Eu disse: ‘Olha eu não fiz ataque nenhum’. O bispo então teria dito: “Pra mim isso não me interessa. Eles são o poder e nós temos interesse”´, contou.

O jornalista então disse que desligou o telefone e foi até a direção da Record, onde relatou o incidente que havia tido com Marcelo Crivella, que na época era um dos comandantes da emissora. Boris então teria tido o seu contrato rompido.

Na época a Record justificou a saída do jornalista alegando que iria mudar totalmente o seu principal telejornal, o que de fato aconteceu com a entrada de Adriana Araújo e Celso Freitas em um formato bastante parecido com o “Jornal Nacional” naquele mesmo ano.


noticiasaominuto