Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788

quinta-feira, 26 de julho de 2018

Petrobras elevará preços da gasolina em 0,39% nas refinarias a partir de quinta

A Petrobras anunciou nesta quarta-feira um aumento de 0,39% nos preços da gasolina nas refinarias, para R$ 1,9502 o litro, válido a partir de quinta-feira (26), na primeira elevação desde 12 de julho.

Preço dos combustíveis nas refinarias
Na terça-feira, o preço da gasolina tinha sido reduzido em 0,94%, para R$ 1,9426 por litro, menor patamar desde o dia 29 de junho.

Já as cotações do diesel seguem em R$ 2,0316 o litro, como parte de uma subvenção econômica oferecida pelo governo.

Preço nas bombas
Na última semana, o preço da gasolina nas bombas subiu após seis semanas consecutivas de queda, segundo dados divulgados pela Agência Nacional do Petróleo, do Gás Natural e dos Biocombustíveis (ANP).
Segundo a ANP, o preço da gasolina subiu 0,13% na semana, para R$ 4,50 por litro, em média. Já o custo do diesel nas bombas teve queda de 0,23% na semana, para R$ 3,38.

No mesmo período, a Petrobras havia baixado o preço da gasolina nas refinarias em R$ 0,04, ou cerca de 1,8%, seguindo sua política de reajuste de preços com o objetivo de acompanhar as cotações internacionais.

MP recomenda que Ceará cobre da Petrobras R$ 124 mil investidos para receber refinari

O Estado do Ceará tem de ser ressarcido pela Petrobras dos prejuízos causados pelo cancelamento do projeto de instalação da refinaria em São Gonçalo do Amarante, conforme entendimento do Ministério Público do Estado (MP-CE).

O órgão enviou nesta quarta-feira (25) recomendação ao Governo do Estado para que dê entrada em ação de ressarcimento de R$ 124,3 milhões ao Ceará referentes aos custos com infraestrutura para a instalação da Refinaria Premium II, em um prazo de 30 dias.

O Ministério Público do Estado dá prazo de 72 horas para que o Governo do Ceará, por meio da Procuradoria-Geral do Estado (PGE) apresente resposta à recomendação, assinada pelo promotor de Justiça titular da Defesa do Patrimônio Público de Fortaleza, Ricardo Rocha.

Em 2015, a Petrobras anunciou o cancelamento de refinarias que eram desenvolvidas no Ceará e no Maranhão. O cancelamento dos empreendimentos gerou perdas de R$ 2,707 bilhões. Cerca de R$ 600 milhões já haviam sido investidos pela estatal em serviços como a construção de dutos e terraplanagem do terreno destinado à Premium II.