Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788

segunda-feira, 30 de julho de 2018

FALSA MÉDICA: Mulher é presa no Rio sob acusação de matar paciente em procedimento estético


A Polícia Civil do Rio prendeu na manhã desta segunda-feira (30) Mariana Batista de Miranda, acusada de matar uma paciente em decorrência da aplicação de silicone industrial nas nádegas. Ela foi detida em sua casa, em Mesquita, na Baixada Fluminense. 

O fato aconteceu no dia 16 de março deste ano. Segundo o Ministério Público do Estado do Rio, o laudo de necropsia confirmou que o procedimento estético foi a razão da morte e Mariana assumiu o risco de matar ao realizar a aplicação da substância, "mesmo sem possuir formação biomédica e, portanto, conhecimento técnico para a função". A falsa médica foi denunciada por homicídio doloso e exercício ilegal da medicina.

De acordo com as investigações, ela também prescreveu medicações à vítima após tomar ciência das complicações provocadas pela cirurgia. "Ao menos entre o fim de 2017 e março de 2018, Mariana exerceu a profissão de médica ilegalmente, sem registro profissional ou formação, aplicando silicone industrial em diversas pessoas, com o objetivo de obter lucro financeiro", ressalta o MP.

Fonte: Diário do Nordeste

Além dos atentados na Capital, fim de semana no Ceará registrou 39 assassinatos

Além da onda de atentados a coletivos e prédios públicos e privados na Grande Fortaleza – iniciada na madrugada de sexta-feira – o último fim de semana de julho de 2018 registrou também violência armada que deixou várias pessoas mortas em 72 horas. Entre a sexta-feira (27) e o domingo (29), ocorreram 39 assassinatos no Ceará, sendo 16 na Capital, 15 no Interior e mais oito na Região Metropolitana (RMF).

Em Fortaleza, 16 pessoas foram mortas nos seguintes bairros: Bom Jardim (3 casos), José Walter (3 casos), Centro, Granja Lisboa, Conjunto Palmeiras, Messejana, Genibaú, Bonsucesso, Jacarecanga, Edson Queiroz, Passaré e Vila Peri. Neste último, a vítima do assassinato, a tiros, foi um policial militar da Reserva Remunerada (RR).

Na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), a Polícia fez o registro de oito homicídios nos seguintes Municípios: Caucaia (3 casos), Maracanaú (2 casos), Maranguape, Pacatuba e Aquiraz.

No Interior Sul, foram nove pessoas mortas nos seguintes Municípios: Russas (3 homicídios), Iguatu (2 crimes), Senador Pompeu, Quixeramobim, Quixadá e Nova Olinda.

No Interior Norte, foram registrados seis assassinatos em Sobral (três casos), Redenção, Itarema e Itapajé.

Ceará News