Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788 5932

sábado, 6 de maio de 2017

Soldado da Policia Militar é assassinado com tiro na nuca em Fortaleza


               post-feature-image

Um soldado da Polícia Militar foi assassinado a tiros na manhã deste sábado (6), no Bairro Jardim Iracema, em Fortaleza. Segundo a polícia, o policial estava próximo a sua residência na Rua Guilherme Mendes quando foi rendido por dois homens. A polícia informou que ele tentou fugir, mas foi atingido na nuca. Após os disparos a dupla fugiu em uma moto.

De acordo com a polícia, o policial chegou a ser socorrido pela esposa, mas não resistiu e morreu em um hospital. O caso está sendo investigado pela Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

2º caso em menos de uma semana

Com a morte do soldado da PM neste sábado, sobe para oito o número de policiais assassinados em 2017. O último caso aconteceu na quarta-feira (3), no Bairro Ellery, na capital. Outro soldado da Polícia Militar foi baleado durante um assalto. De acordo com a polícia, a vítima foi atingida por um disparo na região do abdômen e não resistiu.

Segundo o comandante de policiamento da capital, coronel Francisco Souto, o policial Francisco Gledson Matias, 37 anos, foi abordado na rua de sua casa por um criminoso armado. O homem se aproximou em uma moto e anunciou o assalto. O comandante informou que ainda não se sabe se o policial militar reagiu ao roubo. Não houve troca de tiros.

O homem atirou contra o PM e o atingiu na barriga. O soldado chegou a ser levado por familiares ao Hospital Distrital Doutor Evandro Ayres de Moura (Frotinha do Antônio Bezerra), mas não resistiu ao ferimento e morreu no local. Após o crime, o homem fugiu sem ser identificado.
Créditos: G1

Ex-presidiário foi morto a tiros na zona rural de Milagres


post-feature-image

Mais um homicídio foi registrado em Milagres se constituindo no segundo deste mês de maio e o quarto de 2017 no município, onde, no ano passado, quatro pessoas tombaram mortas. Por volta das 20h30min um homem que trafegava pela estrada vicinal de acesso ao Sítio Olho D’água da Igreja se deparou com um cadáver e tratou de avisar à polícia.

O corpo estava crivado de bala e, segundo populares que estiveram no local, era do ex-presidiário apelidado por “Pedrim de Seu Joaquim” o qual já tinha várias passagens pela polícia, principalmente por roubos. O local do achado fica numa área próxima do perímetro urbano de Milagres e o rabecão esteve no local quando recolheu o cadáver para ser necropsiado no Instituto Médico Legal (IML) de Juazeiro do Norte.

O outro homicídio deste ano em Milagres teve como vítima o também ex-presidiário José Helenilton de Oliveira Ferreira, de 27 anos, o “Biba” que residia na Vila Padre Cícero. Na noite do dia 1º de maio ele bebia no Bar do Picolé, perto de sua casa, quando foi surpreendido por dois homens que ali chegaram numa moto. Um deles sacou uma pistola e atirou cinco vezes sem qualquer discussão. “Biba” respondia por um crime de latrocínio e era envolvido com furtos, roubos, lesões corporais.
Créditos: Demontier Tenório via Miséria.com.br