Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788 5932

quinta-feira, 18 de maio de 2017

Temer enfrenta protesto e buzinaço após informação sobre gravação

Grupo protesta em frente ao Palácio do Planalto
No momento em que estava em reunião para definir estratégia de reação à nova crise política, o presidente Michel Temer enfrentou protesto e buzinaço do lado de fora do Palácio do Planalto.

Com cartazes e bandeiras, um grupo de cerca de cinquenta manifestantes pediu a saída do peemedebista do cargo e a realização de uma eleição direta.

O protesto foi acompanhado pelo som de buzinas de motoristas que passaram em frente à sede administrativa do governo federal.

Os manifestantes iniciaram o protesto na calçada do Palácio do Planalto. Eles, no entanto, foram afastados pela Polícia Militar, que foi acionada por determinação da equipe de segurança da Presidência da República.

Com spray de pimenta, manifestantes foram retirados e levados para a Praça dos Três Poderes, onde continuaram a manifestação.

Folha de S.Paulo

PF cumpre mandados na sede do Tribunal Superior Eleitoral, em Brasília


A Polícia Federal foi ao Tribunal Superior Eleitoral nesta quinta-feira (18) cumprir mandados de busca. A intenção é encontrar documentos que possam servir de prova contra um procurador da República que trabalha na Corte Eleitoral, e que foi preso pela corporação pela manhã. O nome dele não foi divulgado.

Delação da JBS

A operação teria tido início após a delação do dono do frigorífico JBS, Joesley Batista, que entregou à Procuradoria-Geral da República (PGR) uma gravação do senador Aécio Neves pedindo a ele R$ 2 milhões. No áudio, com duração de cerca de 30 minutos, o presidente nacional do PSDB justifica o pedido dizendo que precisava da quantia para pagar sua defesa na Lava Jato. A informação foi divulgada pelo jornal “O Globo” na quarta-feira (17).

Após a publicação da denúncia, a assessoria de imprensa de Aécio Neves afirmou que o senador “está absolutamente tranquilo quanto à correção de todos os seus atos”.

“No que se refere à relação com o senhor Joesley Batista, ela era estritamente pessoal, sem qualquer envolvimento com o setor público. O senador aguarda ter acesso ao conjunto das informações para prestar todos os esclarecimentos necessários”, diz o