Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788 5932

quarta-feira, 31 de maio de 2017

Operação prende bandido envolvido na morte de PM durante tentativa de assalto


O suspeito foi localizado pelas polícias Civil e Militar escondido em uma casa, no bairro Pirambu. Autoridades tentam prender o restante da quadrilha.
Uma operação conjunta entre as Polícias Civil e Militar, na noite desta segunda-feira (29), resultou na prisão de um dos bandidos suspeitos de envolvimento na morte de um PM durante tentativa de assalto a uma garagem de ônibus, em Fortaleza.

A operação envolveu agentes da Coordenadoria de Inteligência Policial (CIP), inspetores e delegados da 11ª Delegacia da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e o apoio de patrulhas do Comando Tático Motorizado (Cotam), do Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque).

O suspeito preso foi identificado como Narciso Silveira Rodrigues, 29 anos, que já possui antecedentes criminais. Ele foi localizado após uma vigilância (campana) montada ainda na tarde de segunda-feira pelos agentes da CIP. O suspeito estava escondido em uma residência na Rua São Raimundo, no bairro Pirambu, na zona Oeste da Capital.

Do local da prisão, Narciso foi encaminhado à sede da DHPP onde está sendo autuado em flagrante. Através dele, a Polícia espera chegar aos demais envolvidos no assassinato do sargento PM Izidório de Paiva Alves, 57 anos.

O militar, que era da Reserva Remunerada da PM e trabalhou durante anos como armeiro, foi morto na manhã de domingo passado (28), quando trabalhava na segurança da garagem da empresa de ônibus Via Metro, localizada na Rua das Palmas, no bairro Planalto Cidade Nova, em Maracanaú, na Região Metropolitana de Fortaleza.

Filmado

Câmeras do sistema de segurança eletrônica filmaram toda a ação da quadrilha armada. Um dos bandidos invade a garagem no momento em que um funcionário entra para iniciar seu expediente. Os comparsas vêm logo atrás, mas encontram o portão travado e não conseguem invadir o local. Passam, então, a atirar contra o portão e contras Câmeras.

Do lado de dentro da garagem, o bandido que conseguiu entrar usa o funcionário como refém e atira contra os funcionários que estão na guarita de segurança. Um dos tiros atinge o peito do sargento Izidório e cai morto no local. Em seguida, o atirador sobre no telhado, pula para o lado da rua e foge com os comparsas sem conseguir roubar nada da empresa.

Fonte: Cearanews7

Senado aprova PEC que impede a extinção dos Tribunais de Contas



Proposta de Eunício Oliveira (PMDB-CE), que estabelece o Tribunais de Contas como órgãos permanentes, foi a plenário nesta terça-feira (30).

O Senado Federal aprovou nesta terça-feira (30), em primeiro turno, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que estabelece os Tribunais de Contas como órgãos permanentes e essenciais ao controle externo da administração pública. De autoria do senador cearense e presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB), a matéria ainda precisa ser votada em segundo turno.

Ao todo, a PEC recebeu 50 votos favoráveis, enquanto 20 senadores votaram contra a proposta. Houve também três abstenções.

A PEC aprovada nesta terça-feira vai diretamente de encontro à PEC nº 02/2016, aprovada pela Assembleia Legislativa do Ceará, que prevê o fim do Tribunal de Contas do Município do Ceará (TCM-CE), fato este que gerou, inclusive, uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) que tramita no Supremo Tribunal Federal (STF). Nesta segunda-feira (29), o próprio Tribunal de Contas da União (TCU) pediu para participar do processo em defesa do TCM.

"A possibilidade de extinção de tribunais de contas por meio de um processo açodado, nos termos ocorridos na Assembleia Legislativa do Ceará, representaria verdadeiro enfraquecimento do sistema dos tribunais de contas, com graves prejuízos para as finanças públicas, não apenas locais mas também federais”, informou a petição do TCU ao STF.

Discussão

Durante a votação nesta terça-feira, a PEC foi alvo de intensos debates entre os senadores presentes. Lindbergh Farias (PT-RJ), por exemplo, disse que a decisão de extinguir os Tribunais "cabe exclusivamente aos estados", uma vez que o órgão traz grandes despesas aos municípios e devem ser analisados pelo Legislativo de cada região.

Eunício Oliveira, por sua vez, rebateu a declaração do petista e disse que a PEC "não diz respeito à criação de novos Tribunais", mas apenas à manutenção dos já existentes.

Fonte: Diário do Nordeste