Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788 5932

quarta-feira, 10 de agosto de 2016

40% da população brasileira tem colesterol alto


No Brasil, 40% da população adulta possui taxas elevadas de colesterol, situação influenciada por alimentação rica em gorduras, sedentarismo, tabagismo e estresse. A informação é da Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC) que realizou, na manhã de ontem, ação informativa e exames na Praça dos Estressados, na Beira Mar, em Fortaleza, pelo Dia Nacional de Controle do Colesterol.
A substância desempenha funções essenciais no organismo, como produção de hormônios e vitamina D. O excesso é prejudicial e está associado a doenças cardiovasculares. Em 2016, até o início deste mês, foram mais de 200 mil mortes por esse tipo de enfermidade no Brasil.
Na ação realizada ontem, houve distribuição de cartilhas e orientações para a população. Cerca de 200 pessoas puderam realizar exames, como medição de pressão arterial e dosagem de glicemia e colesterol. Após fazer caminhada pelo calçadão, Maria José Dutra, 86, fez os exames. Todos tiveram bons resultados. “Eu não como nada gorduroso nem muito doce”, ensinou.
As gorduras saturadas, presentes em alimentos de origem animal, e as gorduras trans, encontradas em alimentos industrializados, contribuem para a elevação do colesterol.
No site da SBC, testes avaliam riscos de uma parada cardíaca e de um infarto nos próximos dez anos a partir de perguntas sobre os hábitos de vida e histórico familiar. 
Saiba mais
Para evitar o colesterol alto:
Manter uma dieta rica em frutas, verduras, legumes, fibras e grãos;
Evitar estresse;
Praticar exercícios físicos;
Ingerir mais alimentos grelhados ou assados e menos carnes fritas.
Teste de risco cardiovascular
Do O Povo Online, com informações da SBC

Em Potengi no Ceará, candidato da oposição desiste da disputa para prefeito e cidade poderá ter candidatura única


A BOA AAJOSAInformações sobre as eleições municipais de Potengi, na Região do Cariri Oeste, dão conta que não haverá embate para o cargo de prefeito, já que um dos postulantes desistiu de seguir na disputa que sucederá o prefeito Samuel Tenório de Alencar.
O candidato de oposição Josa Brilhante, empresário, desistiu de concorrer à prefeitura de Potengi por motivos de saúde. As informações são do jornalista Amaury Alencar.
Josa é filiado ao PTC e mesmo já tendo feito a sua convenção na última sexta-feira, ele retirou a candidatura. Enquanto isso a chapa composta pelos partidos PT, PC do B, PV, PDT e PMDB será a única a ficar no páreo tendo como candidato a prefeito Francisco Luis Mendes Rodrigues e a vice Galvão Alves.
Por outro lado, segundo informações de bastidores, Jailânia Brilhante (PR) conhecida por “Jajá”, que estava na chapa junto com Josa Brilhante, será a candidata. Ela já foi vereadora e deverá ser o nome da cabeça de chapa escolhida por membros da coligação. Ainda não foi divulgado o nome do vice.
Caso não tenha nenhum outro nome, Potengi poderá ter pela segunda vez em sua história política candidato único já que se formaram todas as coligações. A última candidatura única aconteceu em 1970 com mandato de dois anos assumindo a prefeitura o senhor José Edvaldo de Souza (Zé Tibúrcio).
Fonte: site Miséria

Empreendedor fatura R$ 700 mil por mês com coletor menstrual


fleurity_coletorO Período menstrual costuma ser um desafio na vida das mulheres. Não apenas pela TPM, mas também pelo desconforto causado por absorventes comuns e o perigo dos vazamentos. Com isso em mente, algumas empresas começaram a investir em coletores menstruais para evitar os problemas dos absorventes externos e como uma saída mais sustentável e econômica a esses métodos tradicionais. 
Este é o caso da Fleurity, marca de coletor menstrual, criada pelo brasileiro Rafael Born, 32 anos. No começo de 2015, Born percebeu o crescimento da tendência mundial dos coletores e resolveu trazê-la para o Brasil. "Já existiam algumas marcas de coletores no Brasil, mas nada tão forte quanto nos Estados Unidos. Além disso, aqui no país, nenhuma marca vendia dentro das principais redes de drogarias brasileiras. Foi quando percebi uma oportunidade de negócio", conta o empreendedor.
Em média, uma mulher descarta até três quilos de lixo por ano apenas com absorventes. Por isso, o coletor menstrual que dura até 10 anos é considerado também mais sustentável. O coletor é um copinho reutilizável feito de silicone hipoalergênico que permite praticar atividades físicas, dormir e ficar até 12 horas com ele sem precisar trocá-lo.