Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788 5932

quinta-feira, 25 de agosto de 2016

PRIMEIRA PARCELA DO 13º COMEÇA A SER DEPOSITADA


Resultado de imagem para PRIMEIRA PARCELA DO 13º COMEÇA A SER DEPOSITADA

O pagamento da primeira parcela do abono anual, conhecido como 13º, dos segurados da Previdência Social começa nesta próxima quinta-feira (25), quando se iniciam os depósitos da folha de agosto. Os segurados que recebem até um salário mínimo e possuem cartão com final 1, desconsiderando-se o dígito, terão o pagamento liberado a partir desta quinta-feira (25). Já os segurados que recebem acima do salário mínimo terão os benefícios creditados a partir do dia 1º de setembro. O pagamento da folha de agosto e a antecipação do 13º serão depositados até o dia 8 de setembro.
calendário de pagamento de benefícios com todas as datas encontra-se disponível para consulta na página da Previdência.  O extrato de pagamento de benefícios também pode ser visualizado na internet. A Previdência Social desembolsará mais de R$ 18 bilhões somente para o pagamento da primeira parcela da gratificação a mais de 29 milhões de benefícios da Previdência Social. Veja tabela com o total de recursos do adiantamento do 13º nos estados.
Por lei, tem direito ao 13º quem, durante o ano, recebeu benefício previdenciário como aposentadoria, pensão por morte, auxílio-doença, auxílio-acidente, auxílio-reclusão ou salário-maternidade. No caso de auxílio-doença e salário-maternidade, o valor do abono anual será proporcional ao período recebido.

OBRAS CONTRA SECA NO CEARÁ PÕEM ESTADO E UNIÃO EM CONFRONTO


Em meio a uma das secas mais longas já registradas no Ceará, União e Estado travam disputa sobre a execução de obras emergenciais contra a estiagem. O presidente em exercício Michel Temer (PMDB) transferiu para o Departamento Nacional das Obras Contra as Secas (Dnocs) a execução de várias das ações emergenciais em estados do Nordeste. A decisão foi criticada pelo governador Camilo Santana (PT). Mas, até aliado de Temer no Ceará protestou, caso do deputado federal Danilo Forte (PSB).
As obras afetadas são compartilhadas entre Estado e União. Recebem verba federal, mas estavam sob administração estadual. Agora, parte será transferida ao Dnocs.

De acordo com Francisco Teixeira, secretário dos Recursos Hídricos do Ceará, a instalação de adutoras de montagem rápida e o abastecimento à área urbana por carros-pipa serão as principais ações afetadas. A construção de dez adutoras estava entre as medidas previstas para receber parte dos R$ 790 milhões liberados pelo Governo Federal para ações contra a seca no Nordeste. O repasse para as adutoras deve tomar R$ 42,7 milhões.

Camilo Santana reclamou da transferência da gestão das obras para o Dnocs. “Achei que foi um erro do Governo (Federal)”, disse o governador cearense. Camilo afirmou que a preocupação é sobre a velocidade de execução dos projetos, diante da mudança de gestão. “Se A, B ou C vai executar, o importante é que seja feito, porque as pessoas estão passando sede”. Ele também afirma que a decisão contraria acordos já assinados. “Independente do governo, compromissos precisam ser honrados”, disse.

Preparo para execução

Teixeira se preocupa com o andamento dos trabalhos. “Entra agora novo ator que não está participando desse processo e terá de voltar praticamente a zero”. O secretário manifestou “estranheza e preocupação” com a transferência da gestão num cenário em que o Dnocs está fragilizado. “A gente vinha inclusive ajudando no reparo da fissura do Castanhão, que é de responsabilidade federal. Causou estranheza que, da noite para o dia, eles estejam preparados para montar adutoras”.

O Ministério da Integração Nacional informou, em nota, que só parte das adutoras de engate rápido terá execução pelo Dnocs. “Boa parte das obras e programas emergenciais continuará sob responsabilidade dos governos estaduais”. A pasta informa que convênios assinados, que vêm em execução pelos estados, estão sendo honrados.

 Saiba mais

 Adutoras de montagem rápida previstas pelo Estado que passam ao Dnocs
Pereiro (R$ 10,4 milhões), São Luís do Curu/Croatá (R$ 5,7 milhões), Tamboril (R$ 7,7 milhões), Iracema (R$ 6,9 milhões), Apuiarés (R$ 3 milhões), Ocara (R$ 1,6 milhão), São Luís do Aruaru (R$ 809,5 mil), Triângulo de Chorozinho/Timbaúba (R$ 2,6 milhões), Guassussê/Igarói (R$ 1,02 milhão) e Mineiro (R$ 2,5 milhões)

O Povo

FACÇÃO CRIMINOSA QUE ATUA EM SOBRAL 'JULGA' E 'CONDENA' DUAS MULHERES A UMA SESSÃO DE TORTURAS (VEJA VÍDEO)


A cidade de Sobral, na região Norte do Estado (a 224Km de Fortaleza), voltou a ser palco de mais violência patrocinada pelo crime organizado que se instalou no Município. Um vídeo postado nas redes sociais nesta terça-feira (23) mostra duas mulheres sendo severamente punidas com uma surra.

Conforme as primeiras informações sobre o caso, o espaçamento das duas mulheres aconteceu na tarde desta terça-feira em um terreno baldio onde antes funcionou uma fábrica, no bairro Terrenos Novos, um dos mais violentos da periferia da cidade por conta do intenso tráfico de drogas que ali acontece diariamente.

Gritos

Nas imagens, as duas jovens são espancadas por outras mulheres. Homens e até crianças também participam da sessão de tortura que, supostamente, teria sido ordenada pelos chefes de uma facção que comanda o tráfico no lugar.

 “Sentenciadas” pelos chefões do crime, elas foram levadas até p terreno baldio e submetidas aos maus-tratos, sendo atingidas a pauladas. Uma delas chega a desmaiar diante das severas agressões.

Durante a gravação são ouvidos muitos gritos, mas não se sabe, ainda, o que as duas mulheres teriam feito para serem punidas a  mando dos chefes da facção criminosa.

A Polícia de Sobral ainda não se manifestou oficialmente sobre o caso.

Veja o vídeo do espancamento:



FERNANDO RIBEIRO via Ceará News