Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788 5932

sexta-feira, 26 de agosto de 2016

Novo vídeo mostra jovens sendo torturados por ordem de uma facção criminosa no Ceará (VEJA O VÍDEO)


Novas cenas de violência, gravadas na periferia de Fortaleza, caíram nas redes sociais e revelam a ousadia e poder de mando das facções criminosas que dominam a venda de drogas na Capital cearense. Dessa vez, o palco dos atos de crueldades é o bairro Bom Jardim, na zona sul da Cidade, pertencente ao “Território da Paz”, programa estatal de combate à criminalidade.
Na gravação, aparecem, pelo menos, dois jovens sendo torturados por homens que se intitulam pertencentes à facção criminosa Comando Vermelho (C.V.), oriunda dos presídios do Rio de Janeiro.
As vítimas são espancadas e recebem tiros de revólver nas mãos e nos pés. Além disso, são atacadas por chutes e socos e obrigadas a afirmar que,  “Quem manda no Bom Jardim é o Comando Vermelho!”.
As cenas foram gravadas em celulares e mostram que as vítimas teriam sido torturadas em um local que parece ser um imóvel abandonado ou em obras.
A Polícia ainda não se manifestou oficialmente sobre o fato.
Sobral também
Na última quarta-feira, a divulgação de um vídeo semelhante nas redes sociais teve grande repercussão na Mídia e levou a Polícia a instaurar uma investigação.  O fato ocorreu na cidade de Sobral, na Zona Norte do Estado, e mostra duas jovens sendo severamente espancadas por outras mulheres no bairro Terrenos Novos.
A suspeita é de que a sessão de torturas tenha sido ordenada por traficantes ligados à facções criminosas que teriam se instalado naquela cidade.////// blogdofernandoribeiro.com.br

Mapa da Violência confirma que Fortaleza tem a maior taxa de homicídios entre todas as capitais brasileiras

quinta-feira 4.8.2016 094
As execuções sumárias viraram rotina nas ruas da Capital cearense e desafiam a Segurança Pública
Vinte dos 150 municípios que apresentam as maiores taxas de assassinatos do Brasil são do Estado do Ceará. Além disso, Fortaleza continua sendo a Capital brasileira mais violenta.  Esta é a conclusão do Mapa da Violência 2016 divulgado nesta quarta-feira (24). Os dados, no entanto, se referem ao período entre 2012 e 2014, intervalo pesquisado.
Os números apontam que Fortaleza apresenta uma taxa de 81,5 habitantes mortos para cada grupo de 100 mil, o que é a maior entre todas as capitais brasileiras. Já entre todos os Municípios do País, Fortaleza está em 12º lugar.  O levantamento inclui cidades com população igual ou superior a 10 mil habitantes.
Em 2014, nada menos que 2.026 pessoas foram assassinadas nas ruas de Fortaleza.  Isso mostra uma brutal evolução da cidade no âmbito da violência armada em todo o Brasil, já que em 2000, ela era a 19ª com maior incidência de assassinatos por armas de fogo.
Municípios
Além de Fortaleza, também constam na lista dos 150 mais violentos do País os seguintes Municípios cearenses: Eusébio (6º lugar), Quixeré (12º), Tabuleiro do Norte (19º), Horizonte (20º), Jaguaribara (22º), Russas (32º), Aquiraz (33º), Chorozinho (65º), Maracanaú (72º), Senador Pompeu (74º), Pacajus (89º), Limoeiro do Norte (90º), Caucaia (93º), Quixadá (108º), Redenção (127º), Morada Nova (137º), Juazeiro do Norte (142º) e Jaguaretana (146º).
Em números absolutos, em 2014, nada menos que 3.792 pessoas foram assassinadas no Estado do Ceará,ocupando o segundo lugar do ranking, perdendo apenas para a Bahia, com 4.441 crimes de morte naquele ano.
Em nota à Imprensa, nesta quarta-feira, a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), informou que “os dados divulgados são antigos e não refletem os atuais índices estatísticos de Fortaleza  e do Ceará”.//////.blogdofernandoribeiro.com.br

Violência no Interior cearense registra ataques a ônibus e Correios, assassinatos e latrocínio

Correios
Agências e postos dos Correios viraram alvos fáceis para bandidos no Interior do Ceará
Cotar - viaturas
Em várias cidades do Interior, patrulhas do Comando Tático Rural (Cotar) reforçam a segurança
Um comerciante assassinado por ladrões de motos, uma agência dos Correios assaltada, mais ônibus atacado por bandidos com um PM rendido e desarmado, além um assassinato em família  e um pastor evangélico alvo de atentado. Este é o resultado da violência nas últimas 48 horas no Interior do Estado, onde a criminalidade avança em todas as regiões, em desafio às medidas de reforço policial adotadas pelo governo.
Os crimes narrados acima aconteceram, respectivamente, nos Municípios de Pedra Branca, Catarina, Quixeramobim, Lavras da Mangabeira e Parambu. Em apenas um dos casos, a Polícia identificou o suspeito, mas ninguém foi preso.
Em Pedra Branca (285Km de Fortaleza), um crime de latrocínio (roubo seguido de morte) teve como vítima o comerciante  João Raimundo de Lima, 62 anos. Ele foi atingido por vários tiros ao reagir à abordagem de bandidos que faziam assaltados na estrada de acesso à localidade de Trapiá, na zona rural. A intenção dos criminosos era roubara a motocicleta da vítima. Como esta não parou, foi baleada pelas costas e acabou morrendo.
Na cidade de Catarina (394Km da Capital), a agência dos Correios foi alvo do ataque de dois bandidos na manhã desta quinta-feira (25). Dois funcionários foram tomados como reféns por volta de 11h30 quando fechavam a unidade para o horário de almoço. Sob a mira de armas, eles tiveram que voltar para dentro da agência e entregar aos ladrões todo o dinheiro que havia na tesouraria. A dupla fugiu numa moto de cor preta.
PM atacado
Em Quixeramobim ( 201Km de Fortaleza), uma quadrilha atacou um ônibus da empresa Guanabara na altura da comunidade conhecida como Quilômetro Vinte. Entre os passageiros que viraram reféns estava um policial militar. O PM teve que entregar  aos criminosos sua arma (uma pistola), além da mochila onde estava a farda e outros objetos). O bando sumiu.
Em Lavras da Mangabeira (434Km de Fortaleza), uma discussão familiar terminou de forma trágica. Um tio assassinou o sobrinho. O crime ocorreu na zona rural. Cícero Pessoa Batista, 36 anos, não resistiu após ser atingido por um golpe de faca no pescoço desferido por seu tio, José Francisco da Silva, 54 anos, que está foragido.
Na cidade de Parambu (390Km da Capital), o pastor evangélico Valmir Alves da Silva foi surpreendido por uma dupla de pistoleiros que tentou matá-lo na porta de sua igreja. Pelo menos, cinco tiros de pistola foram disparados contra o religioso, que só escapou por ter se escondido a tempo no próprio templo. Os atiradores fugiram sem deixar pistas. A Polícia investiga. /////blogdofernandoribeiro.com.br