Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788 5932

quinta-feira, 25 de agosto de 2016

Mulheres são espancadas em público por ordem de facção criminosa em Sobral (VEJA O VÍDEO)

A cidade de Sobral, na região Norte do Estado (a 224Km de Fortaleza), voltou a ser palco de mais violência patrocinada pelo crime organizado que se instalou no Município. Um vídeo postado nas redes sociais nesta terça-feira (23) mostra duas mulheres sendo severamente punidas com uma surra.
Conforme as primeiras informações sobre o caso, o espaçamento das duas mulheres aconteceu na tarde desta terça-feira em um terreno baldio onde antes funcionou uma fábrica, no bairro Terrenos Novos, um dos mais violentos da periferia da cidade por conta do intenso tráfico de drogas que ali acontece diariamente.
Gritos
Nas imagens, as duas jovens são espancadas por outras mulheres. Homens e até crianças também participam da sessão de tortura que, supostamente, teria sido ordenada pelos chefes de uma facção que comanda o tráfico no lugar.
 “Sentenciadas” pelos chefões do crime, elas foram levadas até p terreno baldio e submetidas aos maus-tratos, sendo atingidas a pauladas. Uma delas chega a desmaiar diante das severas agressões.
Durante a gravação são ouvidos muitos gritos, mas não se sabe, ainda, o que as duas mulheres teriam feito para serem punidas a  mando dos chefes da facção criminosa.
A Polícia de Sobral ainda não se manifestou oficialmente sobre o caso. ////blogdofernandoribeiro.com.br

Agosto já registra 200 homicídios e Fortaleza volta a liderar as taxas de assassinatos no Estado

Homicídio 1
Depois de uma trégua, facções criminosas voltaram a ordenar assassinatos em série na Capital
quinta-feira 4.8.2016 084
População está reagindo e vários bandidos quando praticavam assaltos nas ruas da Capital
Faltando ainda uma semana para o fim de agosto, o mês já contabiliza 200 casos de assassinatos no Estado do Ceará. A Capital lidera a estatística da violência, com o registro de 73 homicídios e latrocínios em 22 dias.  Em segundo lugar, aparece o Interior Sul, com 65 execuções sumárias. Em terceiro, a Região Metropolitana, com 34 crimes de morte. Por último, a região do Interior Norte, com apenas 28 homicídios.
Os números são claros e revelam que Fortaleza vai, aos poucos, retomando os altos índices de homicídios que eram verificados antes da celebração de um “pacto” entre facções criminosas que hoje dominam a Capital no tráfico de entorpecentes.
A retomada dos assassinatos na capital cearense acontece exatamente no momento em que o Governo do Estado, através de sua Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), intensifica os trabalhos de reforço de policiamento no Interior, por meio da instalação de núcleos e bases do Batalhão Raio (BPRaio), Batalhão de Divisas (BPDiv) e Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer).
No último sábado (20), o governo entregou à população – em meio a uma onda de protestos e confronto de manifestantes com a Polícia Militar – a quarta base do Batalhão de Rondas de Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio) no Interior. Foi na cidade de Iguatu, na Região Centro-Sul do Estado (a 377Km de Fortaleza). Além de Iguatu, já conta com o reforço os Municípios de Juazeiro do Norte, Sobral e Quixadá.
Capital violenta
A maioria dos 73 assassinatos já registrados neste mês em Fortaleza teve como vítimas jovens envolvidos com o tráfico de drogas. Disputas entre gangues e crimes de “acertos de contas” também aconteceram em bairros e favelas periféricos da cidade.
Os assassinatos com maiores taxas aconteceram nos seguintes bairros: Vila Manoel Sátiro (5), Centro (4), Messejana (4), Canindezinho, Parangaba, e Pedras (todos com 3 casos), além de Aldeota, Genibaú, Maraponga, Rodolfo Teófilo, Sabiaguaba, Jardim América, Paupina, Bela Vista, José Walter, Vila Velha, Serrinha e Parque São José cada um deles com 2 casos).
Outros homicídios ocorreram também nos bairros: Montese, Mondubim, Amadeu Furtado, Tancredo Neves, Castelão, Cidade 2000, Ancuri, Papicu, Aracapé, Pici, João XXIII, Tauape, Itaoca, Demócrito Rocha, Autran Nunes, Jangurussu, Castelo Encantado, Barra do Ceará, Parque Dois irmãos, Jardim Iracema, Conjunto Ceará, Bonsucesso, Varjota, Vila Peri, Planalto Ayrton Senna e Vicente Pinzón (cada um deles com um registro de homicídio). ////blogdofernandoribeiro.com.br

Em parto raro, vaca dá à luz cinco bezerros em fazenda do Tocantins


Uma vaca que pariu bezerros quíntuplos tem sido a estrela de uma fazenda em Brejinho de Nazaré, a 92 quilômetros de Palmas. Essa foi a terceira gestação do animal da raça nelore. O parto estava previsto para setembro, mas chegou mais cedo e com uma grande surpresa. Um vídeo feito pelos proprietários, momentos depois do parto, mostra os bezerros ainda reconhecendo o mundo. São três machos e duas fêmeas. Os animais nasceram prematuros e dois morreram uma semana depois, principalmente porque a vaca não conseguiu alimentá-los. Os outros estão sendo alimentados com mamadeira. A técnica de inseminação já tinha trazido vários casos de gêmeos na fazenda, mas de quíntuplos foi a primeira vez. O produtor rural Juliano Kummer, que também é médico veterinário, contou que nunca tinha visto nada igual em muitos anos de trabalho. "Com a utilização da inseminação você tem sempre 1% a 2% de chances de partos gemelares. Até três bezerros vivos não é um fato tão raro e pode se esperar, mas cinco realmente é fora do comum", disse. Fonte: G1