Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788 5932

segunda-feira, 15 de agosto de 2016

Brasil testa primeira vacina autorizada no mundo contra a dengue


Começou neste sábado (13) no Brasil uma grande campanha de vacinação contra a dengue. A vacina, produzida pelo laboratório francês Sanofi Pasteur, é a primeira do mundo autorizada contra o vírus da doença.
Cerca de 500 mil brasileiros receberão a primeira vacina autorizada contra a dengue. Segundo comunicado oficial da empresa francesa Sanofi Pasteur, a campanha acontecerá no Estado do Paraná e se trata do primeiro programa de vacinação pública contra a dengue em continente americano. A Dengvaxia, primeira vacina do mundo aprovada para prevenir a doença, levou 20 anos de pesquisa e um investimento de €1,5 milhão. O produto também já está licenciado no México, Filipinas, El Salvador e Costa Rica.
"Vamos vacinar, nas próximas três semanas, todos os indivíduos de 15 a 27 anos de 28 localidades e, nas duas regiões do Paraná onde a dengue está mais presente, vacinaremos todos os indivíduos entre nove e 44 anos", anunciou Michele Caputo Neto, secretário-geral de Saúde do estado, citado no comunicado.
Segundo o secretário, a campanha de vacinação pode "implicar, dentro de cinco anos, numa redução de 74% da doença em localidades muito afetadas", com base em um estudo publicado no Brazilian Journal of Health Economics.
No estado do Paraná, que conta com 10 milhões de habitantes, a incidência da dengue e o número de mortes devido à doença triplicaram nos últimos anos, segundo o grupo farmacêutico francês. A dengue, uma doença febril transmitida por mosquitos, matou mais de 800 pessoas apenas em 2015 no Brasil.
Fonte: RFI

Funcionário de auto-escola em Campos Sales é assassinado durante vaquejada em Araripe


Por volta de 02h30min da madrugada deste domingo o jovem Lincoln Anselmo Anízio, de 23 anos, foi assassinado a tiros de revólver por dois homens que se aproximaram da vítima a pé. Ele morava em Campos Sales onde era funcionário de uma auto-escola e bastante conhecido na cidade. Lincoln estava com sua namorada em uma festa de vaquejada, cujo parque fica situado às margens da estrada vicinal de acesso ao Sítio Lagoinha na zona rural de Araripe. Segundo testemunhas, a dupla fugiu a pé sem ser identificada enquanto a vítima era socorrida ao Hospital Lia Loiola de Alencar de Araripe, mas já chegou sem vida. Fonte Site Miséria