Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788 5932

terça-feira, 9 de agosto de 2016

Serra recebeu R$ 23 milhões de caixa 2 da Odebrecht, diz jornal


A campanha do atual ministro das Relações Exteriores, José Serra, à Presidência da República em 2010 recebeu R$ 23 milhões de caixa 2 da Odebrecht, conforme disseram executivos a investigadores da Operação Lava Jato. A informação é do jornal Folha de S. Paulo.
Segundo a edição de ontem, a revelação foi feita na semana passada a procuradores da força-tarefa e da Procuradoria-Geral da República (PGR) por funcionários da Odebrecht que tentam acordo de delação premiada. É a primeira vez que Serra é citado em supostos esquemas de corrupção por possíveis colaboradores da operação que investiga desvios na Petrobrás.
Os executivos afirmaram que parte do dinheiro foi paga no Brasil e parte foi entregue por meio de depósitos em contas no exterior, segundo o jornal. Apesar das informações concedidas aos procuradores, o acordo de delação premiada ainda não foi assinado. Para comprovar que houve pagamento por meio de caixa 2, a Odebrecht disse que apresentará extratos bancários de depósitos realizados no exterior que tinham como destinatária a campanha presidencial de Serra.
Informações do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) mostram que a empreiteira doou naquele ano R$ 2,4 milhões ao Comitê Financeiro Nacional para Presidente da República de Serra. Assim, a campanha do tucano teria recebido da empreiteira R$ 25,4 milhões – sendo R$ 23 milhões por meio de caixa 2 ou R$ 34,5 milhões em valores atualizados pela inflação.
Os envolvidos nas negociações de delação consideram o tema um dos principais anexos da pré-delação da empreiteira. Em conversas futuras, de acordo com o jornal, os executivos devem revelar que o atual chanceler era tratado pelos apelidos de “Careca” e “Vizinho”, em documentos da empresa.
Segundo o jornal, funcionários da Odebrecht ainda vão relatar propinas pagas a intermediários de Serra no período em que foi governador de São Paulo (2007-2010), vinculadas à construção do Trecho Sul do Rodoanel. A construção desse ramal foi iniciada no primeiro ano da gestão do tucano e foi orçada em R$ 3,6 bilhões.
‘Dentro da lei’
Por meio de nota de sua assessoria de imprensa, Serra afirmou que conduziu sua campanha à Presidência, em 2010, dentro da legislação em vigor. “A campanha foi conduzida na forma da lei e, no que diz respeito às finanças, era de responsabilidade do partido.”
Quanto à afirmação de que funcionários da Odebrecht relatarão pagamento de propina na construção do Rodoanel, o atual ministro afirmou que considera a acusação “absurda”. “Considero absurda a acusação sobre o Trecho Sul do Rodoanel, até porque a empresa em questão já participava da obra quando assumi o governo.” O PSDB não comentou o caso.
“A campanha foi conduzida na forma da lei e, no que diz respeito às finanças, era de responsabilidade do partido.”
José Serra
MINISTRO DAS RELAÇÕES EXTERIORES
logo_agenciaestado

Homem confessa ter estuprado três mulheres em Quixeramobim entre elas uma de Acopiara, divulgação de foto foi essencial


Nos últimos meses o trabalho da imprensa de Quixadá e região tem enfrentado dificuldade para registrar as ocorrências, o que prejudica a sociedade. Uma prova da importância de divulgação de fotos e nomes de acusados pode ser vista em uma publicação da Delegacia de Polícia Civil de Quixeramobim.

No último dia 04, Antonio Leirton Cândido Rodrigues, 23 anos, foi preso após ser acusado de praticar um estupro a uma cozinheira. Segundo a Polícia Civil, após ter sua foto divulgada, uma mulher de Acopiara também o reconheceu, sendo o homem que lhe estuprou.

Na publicação, a polícia destacou que o homem relatou que já tinha estuprado mais três mulheres. Sua frieza chamou a atenção dos policiais.

“Temos certeza que foram mais vitimas, ontem recebemos uma ligação de uma vitima em Acopiara que reconheceu o mesmo pelas redes sociais e que virá a delegacia para fazer o reconhecimento e ser ouvida pelo Delegado de Quixeramobim.”

Fonte Revista Central

Caça a Pokémons termina em morte no Amazonas


Uma caçada a Pokémons terminou em morte neste final de semana em Manaus. Uma policial militar, um agente das Forças Armadas e um estudante foram presos por suspeita de envolvimento no assassinato de Maria Raimunda Ferreira Pereira, de 47 anos, atingida por dois tiros durante uma festa no bairro Mauazinho. O trio foi solto nesta segunda, por ordem do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJ-AM).
De acordo com as investigações, os suspeitos tiveram os celulares roubados enquanto jogavam Pokémon Go. Decidiram, então, buscar os responsáveis na festa em que Maria estava. Ao chegar no local, dispararam três tiros contra os presentes. Os três foram presos na madrugada deste sábado e prestaram depoimento no 9º Distrito Integrado de Polícia. O crime foi registrado como homicídio doloso e homicídio qualificado tentado. O TJ decidiu soltá-los porque os envolvidos não respondem a outras ações ou inquéritos policiais, possuem residência fixa e emprego.Os suspeitos alegaram à Justiça que tiveram os celulares roubados enquanto jogavam Pokémon Go por dois rapazes. Segundo o TJ-AM, “as medidas cautelares poderão ser revistas pelo juízo competente, em caso de mudança da situação pessoal dos suspeitos durante o curso do inquérito policial e da ação penal”.
Fonte: Veja.Com