Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788 5932

terça-feira, 9 de agosto de 2016

UM MORTO A BALA E OUTRO FACA EM CRATO Dois homicídios foram registrados na noite deste domingo em Crato num intervalo de duas horas.

UM MORTO A BALA E OUTRO  FACA EM CRATO Dois homicídios foram registrados na noite deste domingo em Crato num intervalo de duas  horas.

Um homicídio por disparo de arma de fogo e outro a faca foram registrados na noite deste domingo (07), na cidade do Crato. O primeiro crime ocorreu por volta das 20h40min, na Rua São João, 169 A, Bairro Seminário.  Sérgio Saraiva de Gois, 23 anos de idade, apelidado por Serginho da Vitória Nossa foi assassinado  a bala. Ele morava na Rua Dr. Francisco Ferreira de Assis, 37, Conjunto Vitória Nossa.
Segundo informações de populares repassadas a policia, a vítima se encontrava no bar “O Mirante”, localizado na Encosta do Seminário, quando dois ocupantes de uma motocicleta Fan, de cor e  placa não anotada, chegaram e sem qualquer discussão  efetuaram vários disparos contra Serginho que ainda saiu correndo, tombando morto a uma distante de aproximadamente quatro metros do local onde foi baleado.  De acordo com os policiais que atenderam a ocorrência, ninguém soube ou quis passar qualquer informação que pudesse a ajudar identificar e prender os suspeitos. Diligencias foram realizadas pelas viaturas de serviço d PM, mas nenhum dos atiradores foi localizado.
A policia informou que pesquisa feita junto o sistema de informações Policiais constatou que Serginho já possuía várias passagens por policiais, dentre as quais por infrações aos artigos, 14, l21, 331 e 147 da Lei 2.848,  artigo 14 da Lei 10.826 (Estatuto do desarmamento) e ao artigo 19 da lei 3.688 (Contravenção penal).
Já por volta de 00h30min, Francisco Gledson da Silva, 38 anos, o “Gledson filho de Raimundinho” como era mais conhecido,  morreu em um dos leitos do Hospital São Francisco após sido socorrido pela policia  lesionado com várias perfurações a faca. O crime ocorreu cerca de duas antes nas imediações da casa onde ele morava na Rua São Cristóvão, 397, no Bairro Alto da Penha. No local populares disseram ao policiamento que  a ação criminosa teve a autoria de dois homens ocupantes de uma moto de cor escura, que seguirão direção ignorada. Rondas foram feitas em toda a área, mas nenhum suspeito foi localizado. A policia não informou se ele possuía ou não antecedentes criminis.
Nos dois casos os corpos foram encaminhados ao Núcleo de ciências forense regional do cariri em Juazeiro do Norte para serem necropsiados. 
Fotos: Reprodução
Por: Jota Lopes/Agência Caririceara.com

Homem é condenado por matar a namorada ao fazer sexo dirigindo

Foto: Reprodução / Facebook
Minesh Parbat e Lisa Watling
Um homem foi condenado a sete anos prisão, na última sexta-feira, pela morte da namorada em um acidente de carro, na Inglaterra. Segundo promotores do caso, Minesh Parbat, de 36 anos, estava ao volante quando decidiu ter relações sexuais com a companheira, Lisa Watling, de 28 anos, e acabou colidindo contra uma cerca metálica.

Ela morreu após ser arremessada para fora do veículo. O acidente aconteceu em março do ano passado. As informações são do jornal “The Telegraph”.

O casal voltada de uma noitada quando sofreu o acidente. O homem confessou ainda que estava alcoolizado. Testemunhas disseram que Parbat foi visto saindo do veículo com as calças na altura dos tornozelos. A vítima estava usando apenas uma camisa.

Como parte de sua punição, Parbat deve ficar ainda 3 anos e meio sem dirigir após deixar a prisão. Ao anunciar a sentença, juiz Peter Griffiths ainda afirmou: “Você (Parbat) e ninguém mais é responsável por esse acidente e a morte de Lisa”.

A vítima tinha dois filhos.

Fonte: Extra.globo