Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788

sexta-feira, 1 de junho de 2018

BANDEIRA VERMELHA - Conta de energia inicia novo mês ainda mais cara

Image-0-Artigo-2407751-1
A vigência da bandeira vermelha em junho acarretará em uma cobrança adicional na tarifa de energia de R$ 5 a cada 100 quilowatts/hora (kWh) consumidos

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) anunciou que as contas de luz terão a bandeira vermelha em seu segundo patamar no mês de junho. Com a bandeira vermelha 2 neste mês, a tarifa terá um adicional de R$ 5 a cada 100 quilowatts/hora (kWh) consumidos. No mês passado, vigorou a bandeira amarela, que adicionava R$ 1 a cada 100 kWh.
Segundo a Aneel, o início da seca levou à redução do nível dos reservatórios das hidrelétricas, especialmente na Região Sul, e ao aumento do preço da energia no mercado à vista. O nível dos reservatórios e o preço da energia são os dois indicadores que determinam a cor da bandeira. O órgão regulador destacou ainda que a previsão de chuvas para junho está mais baixa que a média histórica.
O sistema de bandeiras tarifárias sinaliza o custo da energia gerada e tem o objetivo de possibilitar aos consumidores o uso consciente.
Na bandeira verde, não há cobrança de taxa extra. Na bandeira amarela, a taxa extra é de R$ 1 a cada 100 quilowatts-hora consumidos. No primeiro patamar da bandeira vermelha, o adicional é de R$ 3 a cada 100 kWh. E no segundo patamar da bandeira vermelha, a cobrança é de R$ 5 a cada 100 kWh.
A TR Soluções, empresa especializada em tarifas de energia, prevê que a bandeira vermelha no patamar 2 permaneça nas contas de luz até novembro, durante todo o período seco. A projeção da companhia é que a bandeira só volte para o nível amarelo em dezembro.

Criança de 10 anos é morta em casa por bala perdida durante tiroteio em Fortaleza; é o 2º caso em dois dias no CE


Uma criança de 10 anos foi morta por uma bala perdida na noite desta quinta-feira (31) durante uma troca de tiros entre criminosos no Bairro Autran Nunes, em Fortaleza. Outras duas pessoas que estavam na rua foram atingidas.

Foi a segunda criança assassinada por bala perdida em dois dias no Ceará. Na quarta-feira (30), uma menina de 4 anos foi morta vítima de uma bala perdida em Sobral, interior do Ceará.

Segundo a Polícia Militar, dois homens entraram em confronto a tiros na Rua Porto Alegre. A menina estava em casa, quando foi atingida por um dos disparos.

A criança foi socorrida ao Instituto Dr. José Frot (IJF), onde recebeu atendimento médico, mas não resistiu ao ferimento. Outras duas pessoas que estavam na rua foram atingidas e também foram levadas ao IJF. O estado de saúde das outras vítimas não foi divulgado pela PM.

A Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e foi acionada ao local do tiroteio e iniciou as investigações sobre o crime. A polícia realizou buscas durante a noite, mas, até a manhã desta sexta, ninguém havia sido preso.

Fonte: G1