Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788 5932

terça-feira, 7 de março de 2017

Ladrão se dá mal ao abordar PM campeã de jiu-jitsu na saída de igreja



A soldado Daniela Arouca, de 35 anos, há 11 anos na Polícia Militar do Paraná, mostrou para um ladrão no final de semana que realmente o crime não compensa. No final de semana a policial tinha acabado de sair da igreja quando foi abordada por dois homens na Avenida Guaiapó, em Maringá (norte do Paraná). 

Um dos suspeitos mencionou estar armado, mas não mostrou nenhuma arma. A policial pegou a pistola .40 e deu voz de prisão para os ladrões. Um dos criminosos consegui fugir correndo, mas o outro foi puxado pela soldado.

O ladrão tentou tomar a arma de fogo da policial quando a soldado Danny Arouca efetuou um disparo que acertou o para-brisa do seu carro. A policial, que é bi-campeã brasileira, bi-campeã sul-americana, campeã europeia e campeã mundial de jiu-jitsu, conseguiu dominar o assaltante e ele desmaiou. 

Arrependido e com medo de morrer
Ela então pediu reforço de uma viatura para levar o detido à 9ª Subdivisão Policial (SDP) de Maringá. O jovem detido, de 18 anos, residente no Jardim São Francisco, afirmou ao repórter André Almenara que não esperava que a vítima era uma policial, muito menos uma lutadora campeã de jiu-jitsu. O preso disse estar arrependido e revelou que ficou com medo de morrer.

As informações são do repórter André Almenara

Milagre: mulheres oram e arma de bandido falha 3 vezes durante assalto; VÍDEO



Um vídeo compartilhado no Facebook (14 de outubro), ganhou grande repercussão entre os internautas. As imagens mostram uma matéria do programa "Brasil Urgente", apresentado pelo Datena, em que três mulheres são ameaçadas por um ladrão que tenta assaltá-las durante a noite. De acordo com as informações da reportagem, a ação do bandido foi registrada pelas câmeras de segurança da residência por volta das 22 horas do último sábado (9) quando as mulheres retornavam de uma igreja.

Tudo parecia ser mais um dos muitos assaltos realizados em São Paulo diariamente, mas as imagens exibidas no vídeo levam a crer que a salvação das vítimas tenha sido um verdadeiro "milagre". O assalto começa quando o bandido surpreende duas mulheres, identificadas como mãe e filha, no momento em que chegavam em casa após retornarem da igreja. O assaltante chega com a arma em punho e as obrigam a abrir o portão. Uma delas atende prontamente, mas a outra tenta resistir e é puxada para fora pelo marginal.

Do lado de fora da moradia, uma das vítimas chega a deixar a chave do veículo cair, o ladrão pega e as ameaça tentando entrar com as mulheres para dentro da casa, mas as duas resistem e uma outra mulher aparece no portão para ajudar. Rapidamente a confusão se forma na entrada da residência. As três mulheres passam a enfrentar o homem que está decidido a cometer o roubo. Para fazer com que ele desista, elas recorrem a Deus para pedir ajuda e passam a orar em voz alta. A oração acaba irritando mais o assaltante que decide atirar. O bandido tenta disparar duas vezes, mas a arma falha. Assustadas, as mulheres iniciam uma gritaria e mais uma vez, o marginal tenta atirar contra elas, sem êxito. Ao todo foram três disparos que falharam.

Na gravação, é possível observar o momento em que uma das mulheres passa mal e é amparada pelas outras. Mesmo assim, o homem não desiste do assalto e entra na residência rapidamente, mas logo sai sem levar nada. Durante a matéria, Datena chegou a dizer que a oração das vítimas valeu a pena porque momentos depois, a arma que não funcionou no assalto, foi eficiente em uma troca de tiros com a polícia.

Confira o vídeo postado no YouTube:


Via Gazetapop