Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788 5932

terça-feira, 7 de março de 2017

Bando suspeito de ataques a bancos no Ceará é preso com armas importadas


Fuzil automático usado pelo Exército da Argentina foi apreendido. Oito pessoas foram presas e nove armas apreendidas.
Uma quadrilha especializada em ataques a bancos e carros-fortes foi desarticulada durante uma operação conjunta das polícias Civil e Militar no Ceará. Ao todo, oito pessoas suspeitas de participação nos crimes foram presas e nove armas de fogo foram apreendidas. Dentre as armas está um fuzil automático usado pelo Exército da Argentina, capaz de furar carros blindados.

De acordo com o titular da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF), delegado Raphael Vilarinho, que conduz as investigações, a operação que prendeu o bando durou cerca de 48 horas, entre a quinta (2) e a sexta-feira (3). Os criminosos, seis homens e duas mulheres, foram presos em Aracati, Fortim e Fortaleza. Um suspeito morreu durante confronto com a polícia.

Com o grupo, foram apreendidos um fuzil do Exército da Argentina, dois revólveres, uma espingarda e quatro pistolas, sendo duas de origem israelense e austríaca. Ainda foram apreendidas munição e drogas.

Conforme Vilarinho, a quadrilha é suspeita de atacar um banco no município de Itaiçaba, no dia 24 de janeiro; uma agência da Caixa Econômica Federal em Tamboril, no dia 10 de fevereiro; um carro-forte em Aracati, no dia 20 de fevereiro.

"Foi uma importante prisão para o estado do Ceará, já que trata-se de uma quadrilha extremamente perigosa e com alto poder bélico. Agora vamos continuar as investigações para identificar se esses criminosos participaram de outros ataques", comentou Vilarinho.

O delegado da DRF acrescentou que as investigações apontaram a participação de presos do sistema carcerário cearense na quadrilha. "Vamos continuar investigando e com certeza terão novas prisões", disse o delegado.

Com informações do portal Fonte: G1/CE

Viúva do "Chaves" está com problemas financeiros



Casa que Florinda Meza vivia com Roberto Bolaños está à venda.
A atriz Florinda Meza, viúva de Roberto Gómez Bolaños, ator e criador do seriado "Chaves", está passando por dificuldades financeiras. A revelação foi feita pela própria atriz para uma rede de tv dos Estados Unidos. 

"Os problemas econômicos começaram com a deterioração da saúde de Roberto. Não tínhamos convênio", assegurou a atriz, que precisou colocar à venda a mansão de Cancun onde vivia com o marido desde 2009. Apesar da queda do valor do imóvel, a casa ainda não foi vendida.

A atriz afirmou que toda a fortuna do ator foi dividida. Ela ainda contou que não tem muito dinheiro e que os lucros obtidos nos negócios relativos ao seriado vão para os filhos de Roberto. Meza ficou com a casa em Cancun e outra na Cidade do México.

A fortuna de Roberto Gómez antes de sua morte estava estimada em R$ 154 milhões.

Fonte: Cnews