Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788 5932

domingo, 19 de março de 2017

Cachoeira de Missão Velha volta a jorrar após chuvas no Ceará


Cachoeira de Missão Velha, no Ceará, volta a jorrar forte após chuvas (Foto: Francisco José Feitosa/Arquivo pessoal)
Cachoeira de Missão Velha, no Ceará, volta a jorrar forte após chuvas (Foto: Francisco José Feitosa/Arquivo pessoal)


A cachoeira de Missão Velha, no Cariri, recebeu um grande volume de água com as chuvas de fevereiro e março no Ceará e voltou a jorrar forte. A cachoeira é um dos principais pontos turísticos da cidade, mas ficou seca na maior parte do tempo nos últimos cinco anos, período em que o Ceará enfrenta uma das piores secas da história.

Em fevereiro, as chuvas na região Cariri na região foram acima da média do estado, que acumulou 155 milímetros de precipitação, 31% acima da média. Já em março, o Ceará acumula 153 milímetros, mais do que todo o mês de março do ano passado.

O número de regiões do Ceará afetadas por "seca excepcional", o nível mais severo, reduziu com as chuvas ocorridos em fevereiro no estado, 30% acima da média histórica. Até janeiro deste ano, toda a região Sul do Estado, Sertão Central e parte da região Norte enfrentavam a situação mais severa de seca.

O novo estudo divulgado Funceme mostra apenas uma parte do extremo sul do Ceará no nível mais crítico de estiagem.




Fonte G1 Ceará

PRF a Correios: Nove concursos podem abrir mais de 87,6 mil vagas este ano


Polícia Rodoviária Federal (PRF) tem até maio para enviar pedido de novo concurso para 1.300 vagas. ( Arquivo )



ABIN: edital em 2018

Salário: de R$ 5,5 mil a R$ 15,4 mil
Vagas: 470
Funções: oficial de inteligência, oficial técnico de inteligência, agente de inteligência e agente técnico de inteligência
Nível: médio e superior
 

Agência Brasileira de Inteligência (ABIN) deve ficar atento. Acontece que, de acordo com a assessoria de imprensa do órgão, um grupo técnico da agência tem apresentado as demandas e argumentado sobre as necessidades de pessoal junto ao Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG). Além disso, ainda de acordo com a assessoria, o novo pedido do certame já foi encaminhado, por meio de nota técnica, em dezembro último. Atualmente, o pedido está em fase de análise pelo grupo técnico do MPOG. Previsão é que o novo concurso tenha previsão de orçamento em 2018.
AGU: 1.310 vagas

Salário: não informado
Vagas: 1.310
Funções: não informadas
Nível: médio e superior
 

Já tramita no Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) o pedido para a realização do novo concurso público da Advocacia Geral da União (AGU) para 1.310 vagas. Ao todo, estão previstas 728 oportunidades com exigência de nível Médio concluído e 582 para nível Superior. Ainda não há detalhes sobre quais cargos, salários e estados serão contemplados com a realização do concurso.
Mais informações 
 
CORREIOS: carência de 20 mil servidores

Salário: de R$ 2,3 mil a R$ 2,7 mil
Vagas: não informadas
Funções: carteiro e operador de triagem e transbordo (OTT)
Nível: médio
 

Anunciado em 2012, o concurso dos Correios ainda é um dos mais aguardados pelos brasileiros. Ano após ano a "novela" continua, porém o seu programa de demissão voluntária atual deve abrir as portas para a futura seleção. Uma carência de 20.000 servidores é o que tem os Correios. Este dado foi reconhecido pelo próprio órgão, segundo informações da Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas dos Correios e Similares (Fentect).
DNIT: 367 oportunidades

Salário: de R$ 4,3 mil a R$ 9,6 mil
Vagas: 367
Funções: 18 vagas para técnico administrativo, 119 para técnico de suporte em infraestrutura de transportes, 116 para analista administrativo e 114 para analista em infraestrutura de transportes
Nível: médio e superior
 

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) continua com o intuito de promover novo concurso público, tanto que encaminhou, em janeiro, mais uma vez o pedido de autorização ao Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG).
DPU: salário de R$ 17,7 mil

Salário: R$ 17,7 mil
Vagas: não informadas
Funções: defensor público federal
Nível: superior
 

A Defensoria Pública da União (DPU) confirmou, por meio de publicação em diário oficial, no dia 14 de março o nome da banca organizadora do seu concurso público para o cargo de defensor público federal. A confirmação ocorreu por meio da portaria 368, de 10 de março, que discrimina o valor da hora aula e estima o tempo em cada fase do certame, no sentido de determinar a previsão orçamentária do concurso. A empresa escolhida é o Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebrasp), que deve ser oficializada em breve, por meio de outra publicação em diário oficial. Somente então poderá ser confirmada a oferta de vagas e previsão de quando o edital poderá ser efetivamente publicado.
FUNASA: 448 oportunidades

Salário: não informado

Vagas: 448
Funções: 51 são para agente administrativo, 35 para administrador, 35 para contador, 11 para economista, quatro para arquiteto, 90 para engenheiro, seis para geólogo, duas para bioquímico e 14 para farmacêutico bioquímico.
Nível: médio e superior
 

Tramita, desde o final de 2016, no Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG), a solicitação para que a Fundação Nacional de Saúde (Funasa) possa realizar seu novo concurso público. Embora os cargos e vagas não tenham sido divulgados, a expectativa é de que o pedido seja semelhante, encaminhado em 2015, que era para o preenchimento de 448 vagas, distribuídas por diversos cargos, com exigência de níveis médio e superior.
IBGE: carência de 82 mil vagas

Salário: não informada

Vagas: 82.000
Funções: analista censitário (250 vagas), analista censitário regional (486), agente censitário administrativo (700), agente censitário municipal (5.500), agente censitário supervisor (12.540), agente censitário de informática (174) e recenseador (62.400)
Nível: fundamental, médio e superior
 

Logo após o aval do Ministério do Planejamento, o instituto poderá dar início efetivamente ao processo de abertura da seleção. O concurso IBGE tenha oportunidades para todos os Estados brasileiros, mais o Distrito Federal.
Mais informações: Ministério autoriza IBGE a abrir 26.440 vagas para Censo 2017
 
POLÍCIA FEDERAL: confirmado para 1.758 vagas

Salário: R$ 22,1 mil
Vagas: 1.758
Funções: 600 para o cargo de escrivão, 600 para agente, 491 para delegado e 67 para peritos.
Nível: superior
 

A liberação dos editais depende apenas de um parecer, por parte do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG), de que dispõe de verbas para a posse dos aprovados, uma vez que a PF não precisa mais de autorização do órgão para o preenchimento de vagas. Vale lembrar que, com o decreto 8.326, de 10 de outubro de 2014, a Polícia Federal não precisa mais de autorização do MPOG para realizar novos concursos, necessitando apenas de um parecer do órgão sobre as condições financeiras para o preenchimento das vagas.
Mais informações
 
POLÍCIA RODOVIÁRIA FEDERAL: 1.300 vagas

Salário: R$ 9,4 mil
Vagas: 1.300
Funções: policial rodoviário federal
Nível: superior
 

Com a posse no último dia 7 do novo ministro da Justiça, indicado pelo presidente Michel Temer, Osmar Serraglio, cresce a expectativa pela autorização do novo concurso público da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Acontece que a solicitação do certame dependia da definição do novo ministro, uma vez que a pasta tem até 31 de maio para reencaminhar o pedido para o Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG). O pedido conta com uma oferta de 1.300 vagas para a carreira policial
Mais informações



Fonte Diário do Nordeste