Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788 5932

terça-feira, 14 de março de 2017

IDENTIFICADO MOTORISTA QUE ARRASTOU PARTE DO CORPO DE MULHER NO CEARÁ


                  Polícia vai periciar carro que teria atropelado mulher na BR-116; vítima teve parte do corpo arrancado  (Foto: Leandro Silva/TV Verdes Mares)

Polícia vai periciar carro que teria atropelado mulher na BR-116; vítima teve parte do corpo arrancado (Foto: Leandro Silva/TV Verdes Mares)

A Polícia do Ceará afirmou ter identificado o motorista suspeito de atropelar Francisca Sulamita dos Reis Marques, 52, na noite da última sexta-feira (10), no acidente em que a vítima morreu e teve parte do corpo arrancada. O carro envolvido no acidente está na Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e vai passar por perícia. Até a manhã desta segunda-feira (13), a polícia não havia localizado o corpo.
Francisca Sulamita foi atropelada no quilômetro 10 da BR-116, em Messejana. Após o acidente, o motorista fugiu do local.
De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o corpo da vítima foi partido ao meio e restou apenas da cintura para baixo; tronco, membros superiores e a cabeça de Francisca Sulamita não foram encontrados. Após reconhecimento no Instituto Médico Legal (IML), familiares iniciaram buscas para localizar o resto do corpo.
saiba mais
Clemilda Gomes da Silva, irmã da vítima, contou que, após uma ligação anônima, esteve na manhã desta segunda-feira (13) com o Corpo de Bombeiros e a Polícia realizando buscas em um local próximo onde aconteceu o acidente, mas o corpo não foi encontrado.
De acordo com a filha da vítima, Regilane dos Reis Marques, a mãe voltava do trabalho quando foi atropelada. Segundo a PRF, uma testemunha afirmou que a mulher foi atropelada por um celta vermelho conduzido por um jovem, que estava sozinho. De acordo com ele, o capô do veículo levantou-se completamente no acidente e o condutor seguiu com a cabeça para fora da janela para ver a via.
Durante a madrugada do sábado (11), familiares procuraram a Central da PRF, em Eusébio, para saber da ocorrência e foram orientados a procurar o Instituto Médico Legal, onde reconheceram a vítima, por meio dos membros inferiores.
 FONTE: G1-CE

Vídeo mostra momento exato do atropelamento de mulher que teve corpo partido ao meio na BR-116



post-feature-image

Um vídeo recebido pela equipe de produção do Barra Pesada mostra o exato momento da mulher que teve o corpo partido ao meio na BR-116, no km 10, em Messejana. No vídeo, é possível ver que a vítima, Francisca Sulamita, 52 anos, é levada para o outro lado da pista.

O carro ainda não foi identificado pela Polícia, contudo um dos advogados  da família da vítima, Henderson Rabelo, afirmou que a Polícia recebeu uma denúncia de um carro modelo Corsa hatch de cor vermelha, localizado no bairro Messejana. Segundo ele, uma pessoa que mora na rua disse que o proprietário chegou assustado no lugar, querendo esconder o carro, e não se encontra mais no bairro.

Após essa denúncia, a Polícia Civil irá nesta segunda-feira (13) ao local averiguar mais sobre o fato. Francisca Sulamita foi atropelada na BR-116, no km 10, em Messejana, e teve o corpo partido ao meio. A família identificou a mulher no Instituto Médico Legal (IML) apenas pela parte inferior do corpo, já que o tronco está desaparecido. O caso aconteceu na última sexta-feira (10).

Veja: Nas redes sociais, uma campanha está sendo realizada pela filha da vítima que pede para que testemunhas possam ajudar a identificar a pessoa responsável pelo atropelamento.

“Gente essa é minha mãe ela foi atropelada brutalmente nessa sexta-feira por volta da 18h na altura do km 10 da BR 116. Venho pedir pra vocês que divulguem, pois esse monstro, além de atropelar ela, levou parte do corpo dela com ele, e nós familiares estamos sofrendo muito à procura da outra parte do corpo dela, peço, por favor, que divulguem”, pede a filha.
Reproduzido por MassapeCeara.Com | Créditos: Lyvia Rocha e tribuna do ceara