Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788 5932

sábado, 13 de maio de 2017

Paris Jackson compartilha selfies de topless e manifesto pelo nudismo: 'Conectada com a Mãe-Terra'


Foto: Reprodução / Instagram
Filha de 19 anos de Michael Jackson fez desabafo contra seus fãs e seguidores incomodados com as fotos
A celebridade Paris Jackson gerou comoção nas redes sociais após compartilhar em sua conta no Instagram fotos na qual ela aparece fazendo topless e também manifestando sua simpatia pelo nudismo.

Primeiramente, a filha de 18 anos do cantor Michael Jackson publicou uma foto na qual exibe seus seios deitada em uma cama, escondendo os mamilos com emojis de dois insetos e seu cachorro deitado ao lado. Depois, Paris compartilhou uma foto em preto e branco na qual medita fazendo topless.


A filha de Michael Jackson, Paris Jackson,
pegando sol de topless (Foto: Instagram)

“Pegando sol com o filhote”, escreveu a jovem na legenda da primeira imagem. No post seguinte, com ela meditando, veio um longo texto sobre seu gosto pelo nudismo em resposta aos questionamentos vindos com a foto anterior.

Leia a mensagem escrita por Paris, mencionando a personificação mitológica grega da Terra, Mama Gaia:

“Vou falar para aqueles questionando a minha defesa e como me expresso. O nudismo começou como um movimento propondo o ‘retorno ao natural’, ‘a expressão da liberdade’ e ‘a busca por mais saúde’ e chegou a ser chamado de filosofia. Ficar nu é parte do que nos faz humanos. Para mim é o que me faz ficar mais conectada à Mama Gaia. Cotumo ficar nua quando cuido do meu jardim. Na verdade é algo lindo e você não precisa que seja algo sexual como fazem muitas estrelas de Hollywood e os meios de comunicação”.

Posteriormente, ainda incomodada com as críticas da qual foi alvo, Paris provocou de forma mais bem-humorada: “Há coisas mais importantes para ficar irritado do que alguém pegando sol, pessoal. Como praias de nudismo, o Trump e qualquer coisa que ele esteja fazendo ou qualquer outra coisa”.

O desabafo de Paris Jackson, filha de
Michael Jackson (Foto: Instagram)

Monet

Assassinato misterioso: corpo de travesti é encontrado nas margens da linha férrea

Travesti 1
O crime ocorreu ainda madrugada do sábado. A vítima não foi, ainda, identificada
Travesti 2
Uma faca ficou cravada no pescoço da vítima. O golpe morta foi desferido pelas costas
Um crime misterioso foi registrado na madrugada deste sábado (13) na zona Oeste de Fortaleza, tendo como vítima mais um travesti. Do começo do ano até agora, já são cinco casos. A Polícia ainda não identificou a vítima nem os assassinos.
O caso ocorreu no bairro Carlito Pamplona. No começo da manhã, populares encontraram o corpo da vítima próximo à linha férrea que corta as avenidas Francisco Sá e Doutor Theberge. A suspeita é de que o jovem tenha sido assassinado logo após realizar um programa sexual nas margens dos trilhos. No pescoço da vítima, pelas costas, o assassino cravou uma faca com o cabo em formato de alavanca de câmbio de automóvel.
A Perícia também constatou que a blusa, tipo top, que o travesti usava ficou rasgada, provavelmente, por conta de uma reação. Ele teria, supostamente, travado uma luta corporal com o assassino até ser mortalmente golpeado no pescoço pelas costas, tendo morte imediata.
Policiais militares da 3ª Companhia do 5º BPM (Cristo Redentor), responsáveis pelo patrulhamento na Área Integrada de Segurança Quatro (AIS-4), estiveram no local e levantaram a informação de que o travesti fazia “ponto” nas proximidades e pode ter sido arrastado pelo assassino para as margens da linha férrea, onde consumou a execução.  
Uma equipe da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHHP) e outra da Perícia Forense do Ceará (Pefoce) estiveram também na cena do crime e realizaram as primeiras investigações. O corpo foi encaminhado à Coordenadoria de Medicina Legal (Comel).
Outros casos
Entre janeiro e maio, cinco travestis foram mortos nas ruas de Fortaleza. O caso que ganhoiu maior repercussão na mídia aconteceu em fevereiro, quando o travesti Antônio Cleílson Ferreira de Vasconcelos, a “Dandara”, foi arrastada pelas ruas do bairro Bom Jardim e executada a pauladas e tiros. Os próprios assassinos filmaramn as cenas da agressão e postaram nas redes sociais, o que gerou a repercussão e reprovação junto à população. Pelo menos, 12 pessoas envolvidas direta ou indiretamente no caso foram detidas pela Polícia.
Há uma semana, outro travesti, Jéferson Kauã Holanda, a “Jennifer” foi assassinado, a tiros, dentro de uma unidade do Sine/IDT na cidade de Itaitinga, na Região Metropolitana de Fortakeza (RMF). O caso ainda está sob investigação.
Veja os casos de travestis assassinados no Ceará em 2017:
1 – (12.02) Hérika Izidório – Espancada e jogada do alto de uma passarela localizada na Avenida José Bastos, morreu semanas depois no IJF-Centro.
2 – (20.02) - Antônio Cleílson Ferreira de  Vasconcelos, a “Dandara”, morreu após sofrer espancamentos e tiros, além de ter sido arrastado por ruas do bairro Bom Jardim. Os assassinos filmaram toda a cena do crime postaram as imagens nas redes sociais.
3 – (19.04) – Antônio Cristiano da Silva, a “Priscilla”, agredido a pauladas e chutes na Avenida Juscelino Kubisthchek, no bairro Castelão. Morreu dias depois no IJF-Centro.
4 – (8.05) – Jéferson Kauã Holanda, a “Jennifer”, morta a tiros dentro do escritório do Sine/IDT na cidade de Itaitinga.
5- (13/05) – Vítima ainda não identificada, assassinada a facadas nas margens da linha férrea Fortaleza-Caucaia, entre as avenidas Francisco Sá e Doutor Theberge, no bairro Carlito Pamplona, na zona Oeste de Fortaleza. 
Traveca 1 Traveca 2
Jennifer, assassinada em Itaitinga                          Dandara, assassinada no Bom Jardim
Traveca 55 Priscila
Hérica Izidório, assassinada na Av. José Bastos      Priscilla, assassinada no bairo Casteão

http://blogdofernandoribeiro.com.br/