Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788 5932

terça-feira, 21 de março de 2017

Filho de Gretchen retorna ao Brasil após 5 anos ilegal nos EUA e se lança como cantor



Reencontro: após cinco anos: Gabriel, de 19, é um dos sete filhos de Gretchen Foto: Reprodução/Instagram

Um dos sete filhos de Gretchen, Gabriel Miranda, de 19 anos, está se lançando como cantor. O jovem passou os últimos cinco anos morando ilegalmente nos Estados Unidos e acaba de retornar ao Brasil para dar continuidade à carreira na música.
"Fiquei cinco 5 anos ilegal lá. Não tive que voltar, voltei por vontade própria, não fui obrigado nem nada", conta ele, que aproveitou a experiência para concluir os estudos e também trabalhar.
"Estudei e me formei lá nos EUA, e trabalhei com limpeza e serviços gerais. Fui para terminar os estudos e hoje sou fluente em inglês e espanhol", revela.
Gabriel, de 19 anos, com o irmão, Thammy
Gabriel, de 19 anos, com o irmão, Thammy Foto: Reprodução/Instagram
O irmão de Thammy Miranda ficou hospedado na casa de amigos da mãe e conta que a maior dificuldade foi a saudade da família, já que, durante todo esse tempo, ele só teve contato com Gretchen através da internet. O reencontro de mãe e filho aconteceu há duas semanas, e foi uma choradeira só.
Após matar a saudade de casa, Gabriel se prepara para se lançar como músico em São Paulo, onde está morando, abrindo o show da cantora romena Inna, no dia 22 de abril, na Áudio Club.
"Quis trazer um pouco da cultura que eu vivi lá, que é o reggaeton, a música latina vinda de Porto Rico, no estilo Nicky Jam e Maluma", adianta ele, que tem todo o apoio da mãe na carreira.
Gabriel tem 19 anos e morou cinco nos EUA
Gabriel tem 19 anos e morou cinco nos EUA Foto: Reprodução/Facebook


Informaçoes extra.globo.com

Polícia Civil do Ceará apreende 56 quilos de drogas e 600 comprimidos de ecstasy



Duas ações realizadas pela Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), por meio da Divisão de Combate ao Tráfico de Drogas (DCTD), realizadas nos últimos dias, resultaram na apreensão de mais de 56 quilos de drogas, além de 600 comprimidos de ecstasy e uma pistola. Três homens foram presos.

Na última quinta-feira (16), os policiais civis da especializada capturaram Francisco Antonio Dionísio de Sousa (37), sem antecedentes criminais, e Geovanni Soares de Freitas, vulgo "Gago", que já responde dois procedimentos por roubo e estava com um mandado de prisão em aberto. Os policiais investigavam o tráfico de drogas no município de Caucaia e descobriram que Francisco Antônio seria o responsável pelo tráfico na região. Os agentes passaram então a realizar campanas e descobriram que ele faria uma entrega de drogas para Geovani, em um posto de combustível na Avenida Governador Raul Barbosa, no bairro São João do Taupe - Área Integrada de Segurança 03 (AIS 03). A dupla foi flagrada com cinco quilos de maconha prensada. Após as capturas, os policiais seguiram até a residência de Antônio, na praia do Pacheco, em Caucaia (AIS 07), onde encontraram mais 51 quilos de drogas e uma pistola.

No total, foram apreendidos 55 quilos de maconha prensada, 1,1 quilo de crack, 130 gramas de cocaína, além de uma pistola, 29 munições, além de um caderno com anotações da contabilidade do tráfico, a quantia de R$ 80,20, dois veículos - sendo uma Duster, clonado, e um Onix de placas PWV 3120 - e duas motocicletas Honda de placas PNH 2048 e PNJ 7319, com queixa de roubo. A dupla foi conduzida para a sede da DCTD onde foi autuada em flagrante por tráfico e associação por tráfico de drogas. Antônio também foi autuado por posse ilegal de arma de fogo de uso restrito. 
Já no último dia 10, os policiais apreenderam 600 comprimidos de ecstasy durante uma ação que teve início na Avenida Capitão Aragão, também no bairro São João do Tauape, na AIS 03, em Fortaleza. A droga sintética, que serviria para abastecer uma festa tipo "rave", que ocorreu no último sábado (18) - na Região Metropolitana de Fortaleza -, foi apreendida com Germano da Silva Rocha (23), sem antecedentes criminais.

Conforme as investigações, Germano seria responsável por distribuir drogas a mando de um homem que está preso em uma das unidades prisionais do Estado. Ele foi abordado pelos policiais que o investigavam, no bairro São João do Tauape, com ele foram encontrado 50 comprimidos de ecstasy. Após a prisão, Germano afirmou que possuía mais drogas em sua residência, na Rua Fernão Magalhães, no Pici. Lá, os policiais apreenderam mais 550 comprimidos. Germano foi conduzido para a sede da DCTD, onde foi autuado em flagrante por tráfico de drogas.

Fonte: SSPDS