Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788 5932

sexta-feira, 3 de março de 2017

Ceará registra 46 assassinatos no carnaval, 12,5% a menos que em 2016


Homem morre e dois são feridos em tiroteio no Centro de Fortaleza (Foto: TV Verdes Mares/Reprodução)
46 pessoas foram assassinadas no carnaval deste ano no Ceará, segundo balanço divulgado na quinta-feira (2) pela SSPDS (Foto: TV Verdes Mares/Arquivo G1)

O Ceará registrou 46 assassinatos durante o carnaval deste ano, conforme dados divulgados na última quinta-feira (2) pela Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS). Apesar da violência, se comparado com igual período de 2016, houve uma redução de 12,5% no número de Crimes Violentos Letais e Internacionais (CVLIs), que englobam homicídios, lesões corporais seguidas de morte e latrocínios.

As cidades do interior do estado registraram 26 assassinatos; um a mais que o índice de 2016. Em Fortaleza foram 10 mortes, mesmo número registrado no carnaval do ano passado. Já na Região Metropolitana, foram 10 homicídios neste ano, contra 18 durante o feriado prolongado de 2016.

A polícia apreendeu 91 armas de fogo durante o feriado de carnaval no Ceará. Em 2016, foram 66 armas apreendidas. Ainda foram apreendidos 37 quilos de drogas, cerca de 5 quilos a mais que no carnaval do ano anterior.

Com relação ao trabalho do Corpo de Bombeiros, foram realizados 59 salvamentos na água. Onze pessoas morreram afogadas, mesmo número registrado no feriado do ano passado.

“O resultado do balanço foi bastante positivo, com destaque para a redução de mais de 12% da quantidade de CVLIs em todo o Estado e na queda de mais de 15% no número de vítimas fatais em acidentes nas estradas”, ressaltou o secretário da SSPDS, André Costa.

Violência nas estradas
Conforme a SSPDS, o número de vítimas de acidentes nas rodovias estaduais teve uma queda de 15,39%. Foram 11 mortes neste carnaval, contra 13 no ano passado. Dos óbitos, 4 envolveram motocicletas.

Além dos acidentes, a Polícia Rodoviária Estadual (PRE) aplicou 4.830 infrações. Um total de 355 veículos foram apreendidos por possuírem algum tipo de irregularidade.

operação de carnaval da SSPDS foi finalizada na manhã desta quarta-feira (1º). A ação contou com o efetivo de 2.103 policiais militares, 324 policiais civis, 615 agentes do Corpo de Bombeiros e 36 da Perícia Forense, além de 62 servidores das coordenadorias da Secretaria da Segurança.



Fonte G1 Ceará

Cotar cerca assaltantes de bancos em Aracati. Na troca de tiros, chefe da quadrilha acaba morto

cOTAR 20
Equipes do Cotar cercaram os bandidos e foram recebidas a tiros, gerando o confronto
Aracati Cotar
Armas e munições foram apreendidas pelos policiais militares em poder dos criminosos
Um bandido morreu e outro foi baleado  e preso durante uma operação da Polícia Militar no começo da manhã desta sexta-feira (3) no litoral Leste do Estado. Conforme as autoridades, os criminosos, que seriam integrantes de uma quadrilha de assaltantes de bancos, foram cercados por patrulhas do Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque) em Aracati (a 149Km de Fortaleza).
A operação foi desencadeada por equipes do Comando Tático Rural (Cotar) após uma denúncia de que o bando estaria se armando para atacar novas agências bancárias no Interior cearense. O cerco culminou em um tiroteio entre a PM e os delinqüentes.
Um dos assaltantes, identificado até o momento apenas por “Assis Cabeça Seca”, acabou morrendo no confronto com os militares, enquanto um comparsa foi baleado e preso, sendo socorrido em uma ambulância do Samu.
Armamento
De acordo com a PM,  durante o cerco, além da morte do bandido e da prisão de seu comparsa, foram apreendidas quatro armas de fogo, munição e outros apetrechos que seriam utilizados nas ações criminosas da quadrilha.
Conforme a Polícia, “Assis Cabeça Seca” além de atacar bancos e comandar uma quadrilha, foi o responsável pelo resgate de comparsas em Aracati no ano passado. 

.// blogdofernandoribeiro.com.br