Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788

sexta-feira, 3 de agosto de 2018

Campanha de Dia dos Pais com Wesley Safadão é tirada do ar

Uma campanha publicitária de Dia dos Pais estrelada por Wesley Safadão foi retirada das redes sociais de uma franquia de doces nesta última quarta-feira (1),após o público encher as páginas de reclamações. Recentemente, o cantor foi acusado pela ex-mulher, Mileide Mihaile, de tentar reduzir a pensão do filho que eles tiveram juntos, Yhudy, de 5 anos.

“Gostaria de esclarecer que a escolha do cantor para ser garoto propaganda da marca aconteceu no final de 2017 por ter forte apelo e credibilidade junto ao público do Norte e Nordeste do País, regiões que a franquia tem grande interesse em expansão”, diz a empresa Sodiê em comunicado. “Entendemos que o caso foi isolado e imediatamente resolvido pelo cantor, mas frente a postagem não bem sucedida retiramos o vídeo das mídias sociais.” 

Os usuários passaram a criticar a empresa depois que as páginas oficiais da rede publicaram um vídeo sobre o Dia dos Pais estrelado por Safadão. ” É tiro no pé que chama, né? Marketing negativo… pisada de bola… bola fora… O cara tá no meio de uma polêmica relativa a PATERNIDADE e a empresa põe como garoto propaganda de dia dos pais”, disse uma pessoa no Facebook.

Na semana passada, Safadão e Mileide participaram de uma audiência para a revisão da pensão paga pelo cantor. Segundo o Diário do Nordeste, a Justiça determinou que o valor deveria subir de 9.000 reais para 38.000 reais mensais. Ao programa Fofocalizando, do SBT, na segunda-feira, Safadão negou que estivesse tentando reduzir a pensão do filho. ” Já dava esse valor por fora, só queria regularizar”, disse.

Com informações da Veja.

Presidente das Filipinas manda destruir carros de luxo contrabandeados






Escavadeiras foram usadas para destruir dezenas de carros de luxo apreendidos nas Filipinas, incluindo Porsches, Mercedes, Jaguares e Corvettes, em uma dramática exibição de demolição supervisionada pelo presidente Rodrigo Duterte. Os carros contrabandeados, alguns com valores acima dos US$ 115 mil (R$ 502 mil), foram reduzidos a pilhas de ferro velho em pouco mais de três minutos. “Dê isso ao comprador de ferro”, disse o presidente, transmitindo suas ordens aos funcionários. “Eles não podem ter carros como esses. Mas podem fazer alguma coisa com isso, fabricar brinquedos”, acrescentou. “Antes de mais nada, não podemos vender (os carros contrabandeados), temos que leiloar. Quando você os coloca em leilão, há uma grande chance de que as pessoas que os contrabandearam participem. Então isso destrói o propósito”, justificou o ministro do Comércio, Ramon Lopez. O Departamento de Alfândega apreendeu o equivalente a US$ 2,93 milhões (R$ 9,49 milhões) em veículos no ano passado, entre os US$ 866 milhões (R$ 2,8 bilhões) de bens contrabandeados apreendidos no país, segundo dados do governo. “Não compensa sonegar impostos nas Filipinas, então é melhor parar de tentar, porque vocês nunca conseguirão”, disse o ministro das Finanças, Carlos Dominguez, a jornalistas, antes de acionar uma escavadeira sobre 20 veículos em um porto em Manila. Outros 10 foram simultaneamente destruídos em portos nas cidades de Davao e Cebu.

Aracatiaçu em Ação