Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788

terça-feira, 7 de agosto de 2018

Nove municípios têm risco alto para retorno do Sarampo na região do Cariri

O Ceará entrou em alerta depois de confirmados casos de sarampo em seis estados brasileiros. O vírus ainda é uma ameaça a cidades cearenses, mesmo sem o registro da doença no Estado após epidemia com novecentas pessoas infectadas entre 2013 e 2015.

No Cariri, nove municípios estão classificados como “Risco alto” de reintrodução do vírus: Crato, Juazeiro, Barbalha, Assaré, Altaneira, Araripe, Brejo Santo, Campos Sales e Penaforte.

Secretarias municipais e coordenadorias regionais de saúde elaboram planos de ação e iniciaram nesta segunda-feira (6) à Campanha de Vacinação que se estende até o final de agosto.

Jornal do Cariri 

Mortes por AVC no Ceará só perdem para a violência


O Ceará registra cerca de 16 mil casos de AVC (Acidente Vascular Cerebral) por ano, dos quais uma média de quatro mil vão a óbito. Os dados são do Núcleo de Prevenção ao AVC, do Hospital Geral de Fortaleza, que tem como coordenador o médico João José Carvalho, um dos mais conceituados especialistas em dor de cabeça do mundo.

Os números, segundo ele, andaram diminuindo, porque o governo estadual ampliou a rede de atendimento nessa área. O Hospital Regional do Cariri e a emergência do Hospital Regional de Quixeramobim contam com unidade do AVC, com a próxima a ser instalada, ainda neste ano, no Hospital Regional de Sobral (Zona Norte).

João José adianta um outro dado: mortes por AVC no Estado só estão perdendo para as mortes causadas pela onda de violência.