Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com/WHATSAPP [88] 9 9788 5932

quarta-feira, 9 de agosto de 2017

Melhoria genética vai prolongar efeito do 'Aedes transgênico'


Mosquito Aedes aegypti macho geneticamente modificado na fábrica da Oxitec em Piracicaba, no interior de São Paulo.


Em uma nova fase de testes com Aedes aegypti geneticamente modificado, uma seleção genética fará com que só as fêmeas -- as que picam humanos e transmitem zika, dengue e chikungunya -- morram. Antes, todas as larvas do mosquito, sem distinção de sexo, eram eliminadas. 

Os machos modificados vão sobreviver e vão continuar a esterilizar fêmeas selvagens. A ideia é prolongar ao máximo o efeito do mosquito transgênico que, agora, ganha a capacidade de se reproduzir sozinho. 

O projeto da empresa britânica Oxitec, que já liberou mosquitos no município de Piracicaba, modifica geneticamente o DNA do Aedes aegypti para que o mosquito, paulatinamente, “desapareça” do meio ambiente. 

Segundo a Oxitec, o mosquito geneticamente modificado conseguiu reduzir em 82% a quantidade de larvas do Aedes aegypti no município. 

“É importante esterilizar a fêmea porque ela é o vetor”, explica Cecília Kosmann, coordenadora do suporte científico da Oxitec. “A gente espera ter pelo menos os mesmos resultados que tivemos com a primeira linhagem.”

Agnaldo Timóteo diz que quer se filiar ao PT para 'brigar pelo Lula'

Ao se declarar um "autêntico socialista", o cantor e ex-vereador Agnaldo Timóteo, 81 anos, afirmou que está disposto a se filiar ao PT, lançar-se como deputado federal e fazer campanha para o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em 2018. "Eu quero brigar pelo Lula", avisou.

O colunista Ancelmo Gois, do jornal O Globo, publicou que o artista pretende se filiar ao PT em setembro. "Na verdade, posso me filiar amanhã. É só o Lula me ligar que eu pego um busão para São Paulo (ele mora no Rio de Janeiro), vou para o meu apartamento na Rua Augusta, me barbeio e vou assinar", disse.

Segundo o próprio Timóteo, o convite teria sido feito por Lula ainda em 2012 - quando o ex-presidente foi homenageado pela Câmara Municipal de São Paulo. "Na época, eu era vereador e o Lula disse pra mim que o dia que eu quisesse entrar para o PT ele mesmo abonaria minha ficha de filiação", contou. Timóteo diz estar disposto a correr o País fazendo campanha para Lula. "Não existe nenhuma prova contra ele. Aliás, ele foi o melhor presidente que o Brasil já teve", disse.

A carreira política do cantor é, no mínimo, curiosa. Ele foi deputado federal pelo PDT, mas desentendeu-se com Leonel Brizola, abandonou o partido e, já no PDS, votou em Paulo Maluf no colégio eleitoral, em 1985. Timóteo também passou pelo PP, PL, PR e PMDB. "Não fui eleito vereador nas últimas eleições porque os partidos não colocaram R$ 1 na minha campanha. Bom, se não é para ter dinheiro, vou me candidatar para ajudar um homem que eu acredito, o Lula".

Timóteo lembra que gosta de dizer, em tom de brincadeira, que foi "melhor torneiro mecânico do que o Lula" e que "é um autêntico socialista". "Muitos artistas ficaram milionários se dizendo de esquerda. Eu não, eu nunca ganhei dinheiro me fazendo de perseguido", diz.

O artista espera não ter problemas com a militância petista. "Não. Sou um homem honesto, disposta a trabalhar pela candidatura do Lula", afirma. O presidente do diretório municipal do PT-SP, Paulo Fiorilo, afirmou que uma filiação de Agnaldo Timóteo seria discutida pela legenda "com todo interesse". "Durante o período em que foi vereador, ele sempre defendeu Lula", falou Fiorilo. A assessoria de imprensa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ainda não se manifestou sobre o assunto.

Mãe pede que escola proíba pipoqueiro na porta para evitar ter que dizer 'não' ao filho



A mãe de um aluno de uma tradicional escola localizada na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, pediu que a direção da entidade proibisse um pipoqueiro de trabalhar na entrada do colégio.

De acordo com o colunista Ancelmo Gois, a mãe teria proibido o filho de comer pipoca, mas sempre que vê o pipoqueiro o menino pede à mãe para comprar o produto e a mulher não sabe dizer 'não'.